8 de nov de 2016

Tedeschi um Amarone tradicional sem excessos

Maria Sabrina Tedeschi


O Amarone é definitivamente um sucesso de vendas, e uma daquelas origens italianas que conseguiram chegar ao topo da pirâmide dos grandes vinhos italianos junto com Barolos, Brunellos, Chianti Classico e os chamados  Supertoscanos. Mas seu atual estilo, potente, macio, e doce cria uma certa resistência em parte da crítica especializada. Tenho até um grande amigo, mestre em vinhos , que coloca o Amarone junto aos vinhos do Porto em uma categoria especial, mas não de vinho. A verdade é que a internacionalização e seu sucesso, especialmente nos EUA fez com que muitos produtores saíssem do estilo mais tradicional para vinhos mais doces e bombados, mas ainda existem produtores que continuam trabalhando da mesma forma que seus ancestrais a  Tedeschi é um deles. Na semana passada tive o prazer de conhecer Maria Sabrina  filha de Lorenzo e Bruna Tedeschi, e que junto a irmã Antonietta e o irmão Riccardo tocam esta tradicional vinícola. Ela esteve ao Brasil a convite de sua importadora a Grand Cru para uma apresentação de seus vinhos a um grupo de jornalistas dedicados a esta causa. Maria Sabrina nos contou que no início dos anos 60 os  negócios eram diferentes, pois os Tedeschi  vendiam seus vinhos somente nas imediações de Verona.  Hoje eles produzem meio milhão de garrafas das quais 85% destinam-se à exportação, sendo seus principais destinos o Canadá, a  Suiça, e os EUA. O retorno de suas  vendas para o exterior foram investidos em melhorias na cantina e nos vinhedos que já chagaram hoje a 46 hectares todos localizados nas partes mais altas das colinas. Uma curiosidade por ela também mencionada foi o gigantesco crescimento de produção e vendas do Amarone, comparando a área plantada e  produção nos anos 70 que era de 4 mil hectares e o volume de1 milhão de garrafas, passou nos anos 2000 para 6 mil hectares e a produção para surpreendentes 19 milhões de garrafas , que acabou derrubando o volume dos Valpolicellas Clássicos que tem menor valor agregado. Sabrina é hoje presidente da “Famiglie dell’Amarone D’Arte” um grupo de produtores tradicionais e familiares que preza pela manutenção da alta qualidade de seus vinhos. Esta entidade conta com os seguintes produtores: Allegrini, Begali,Brigaldara, Guerrieri Rizzardi,Mais, Musella, Speri,Tedeschi, Tenuta Sant’Antonio, Tommasi, Venturini, e Zenato . 


Após todas as explicações e histórias Sabrina iniciou a apresentação de seus vinhos, vamos a eles  

Ripasso San Rocco Valpolicalla DOCG Superiore - Rubi, ralo sem halo. Frutas negras, framboesa, herbáceo, e leve tostado. Boa acidez, suculento, taninos resolvidos, corpo médio, retrogosto com fruta evoluída lembrando uvas passas, muito fácil de beber. – 88/100

Amarone Classico Tedeschi 2003 - Rubi indo para granada, geleia de frutas vermelhas evoluidas, tostado, lácteo,e terroso. Na boca, potente, macio, taninos finos, quente, retrogosto frutado, adocicado, que pode ser explicado pela safra quente de 2003.– 89/100

Amarone Classico Tedeschi 2011- Rubi, média concentração, sem halo. Fruta vermelhas maduras, mineral, menta, e tostado delicado. Ótima acidez, taninos empoeirados e delicados, corpo intenso, final de boca fresco e agradável com presença dos taninos e ligeiro tostado Um vinho bem gastronômico, pronto e elegante. – 91/100


Amarone Classico Riserva Capitel Monte Olmi 2001- Corte com  30% Corvina, 30% Corvinone, 30% Rondinella, 10% Oseleta, Negrara, Dindarella, Croatina e Forselina, com passagem de 4 anos por bottes de carvalho da Eslavônia, e 17 % de álcool - Rubi indo para granada, alta concentração, leve halo. Frutas vermelhas bem maduras com ligeira evolução, tostado, terroso, e final lácteo. Na boca redondo, taninos resolvidos, encorpado, final de boca macio e equilibrado não dando a parecer os 17% de álcool - 90/100

Amarone Classico Riserva Capitel Monte Olmi 2005 - Corte com  30% Corvina, 30% Corvinone, 30% Rondinella, 10% Oseleta, Negrara, Dindarella, Croatina e Forselina ,com passagem de 4 anos por bottes de carvalho da Eslavônia, e 17 % de álcool. - Rubi média concentração leve halo. Olfativamente com frutas vermelhas maduras, balsâmico, herbáceo, pimenta, ervas aromáticas e alcaçuz. Na boca,  boa acidez, um pouco mais alcoólico que o anterior, final de boca com erva doce, louro, framboesa, tostado. Vinho mais complexo olfativamente e mais quente na boca. - 90/100

Amarone Classico Riserva Capitel Monteolmi 2009 - Corte com 30% Corvina, 30% Corvinone, 30% Rondinella, 10% Oseleta, Negrara, Dindarella, Croatina e Forselina, com passagem de 4 anos por bottes de carvalho da Eslavônia, e 17 % de álcool. - Rubi violáceo, alta concentração sem halo. Olfativamente, frutas negras, grafite, balsâmico, herbáceo lembrando menta. Na boca, tripé correto, macio, ligeira presença de álcool, taninos doces,  bom corpo,  final de boca redondo com predominância de frutas doces . Um vinho um pouco mais delicado , muito agradável- 91/100


Amarone Classico Riserva Capitel Monteolmi 2010 – Corte com  30% Corvina, 30% Corvinone, 30% Rondinella, 10% Oseleta, Negrara, Dindarella, Croatina e Forselina com passagem de 4 anos por bottes de carvalho da Eslavônia, e 17 % de álcool . Rubi, intenso, sem halo Olfativamente mais austero com toques terrosos, frutas negras e vermelhas maduras, menta, balsâmico, e toque tostado. Ótima acidez, taninos presentes, quente, encorpado, mas muito bem equilibrado, e redondo. Um vinho ainda potente pela juventude mas que amacia com tempo de taça .   92/100


La Fabriseria Amarone DOC Classico  2011  Corte com 35% Corvina, 30% Corvinone, 30% Rondinella, 5% Oseleta, com passagem de 4 anos por bottes de carvalho da Eslavônia, e 15,5 % de álcool. Rubi violáceo, alta concentação, sem halo. Olfativamente, complexo, bala toffe, frutas vermelhas maduras, cerejas no licor, tabaco, menta, leve tostado. Ótima acidez, taninos presentes ainda ligeiramente adstringentes, corpo médio, robusto, final de boca cheio, e frutado. Um vinho estruturado mas com grande balanço de boca , com muitas camadas aromáticas.  93/100 


Grand Cru: Site- WWW.grandcru.com.br – Fone: 0800 777 8558


Nenhum comentário:

Postar um comentário