20 de ago de 2014

Wines of Chile apresentou "Os Extremos do Chile"


Durante 4º Tasting Wines of Chile realizado no dia 6 de Agosto em São Paulo o sommelier Héctor Riquelme  apresentou juntamente com os principais  produtores chilenos, uma  Masterclass  denominada “Os Extremos do Chile” que teve como objetivo nos mostrar o que de novo está ocorrendo neste país com alguns  vinhos elaborados nos mais extremos terroirs do Chile. O evento foi realmente muito didático  nos possibilitando conhecer vinhos com um estilo mais leve , freco, e gastronômico, bem diferente do que notabilizou este país nos ultimos 15 anos. Segue abaixo minha interpretação para cada um dos vinhos provados durante o Masterclass


Lago Ranco Sauvignon Blanc 2013 - Elaborado pela Casa Silva  com uvas da Patagonia Chilena. Vinho sem passagem por madeira . - Palha vedeal, brilhante. Olfativamente herbaceo, marcado por aspargos, toque  mineral,e  floral. Na boca, acidez cortante, fresco, suculento, corpo médio,  final de boca cítrico ,azedo, e mineral . Um vinho dentro do estilo Dry bone , direto, seco, refrescante . Nota 89/ 100






Tabali Talinay Chardonnay 2012 -  Elaborado  pela Tabali no Vale de Limari , com passagem de  12 meses em barricas  e 13,5 de álcool.-  Palha verdeal , limpido e brilhante. Olfativamente mineral, leve toque de feno seco, pimenta branca, e ponta salgadinha. Na boca ótima acidez,  seco ,tanico corpo médio para amplo, retrogosto com  frutas amarelas azedas, e bom frescor.  Um vinho elegante e encantador . 90/100






Los Patricios Chardonnay 2010 – Elaborado pela Pandolfi Price no Vale de Itata com passagem em barricas e 13,7% de álcool palha - Vedeal intenso, brilhante. Abacaxi, toque de baunilha, oxidativo, cravo, e  flores escuras. Na boca, alta acidez, levemente tânico e seco, corpo médio para intenso, persistencia muito longa, final de boca seco , rustico, e amadeirado.  Nota 88/100






Gallardía del Itata Cinsault 2013 – Elaborado pela De Martino no Vale de Itata , sem passagem por madeira  e 13,5 % de álcool - Violáceo, ralo , sem halo. No nariz muita groselha, framboesa, tuti fruti, parece ter maceração carbonica, limpo, mineral, ligeiro salgadinho.  Boca delicada, taninos finos , elegante, estilo natureba, muito facil de beber mas nao de guarda, muito limpo, e agradável de se beber. Nota 90/100







Outer Limits Old Roots Cinsault 2013 – Corte com 85% de Cinsault e 15% de Mouvedre elaborado pela Viña Montes no Vale de Itata  com passagem de 4 meses por barricas de  4 uso, e 14% de álcool. - Rubi,ralo, sem halo. Complexo, floral, frutas vermelhas maduras, couro, ,tinta de caneta, e grafite. Ótima acidez, taninos finos, corpo curto para médio, final de boca delicado com fruta e ligeiro alcool. Nota 89/100






Tara Red Wine 1 Vinho. Base Pinot Noir 2012 – Elaborado pela Ventisquero  com uvas do vale Huasco / em Atacama , com passagem de 14 m4ses em barricas francesas de 4º uso , e 12,9% de álcool. - Rubi ralo, comleve  halo. Frutas vermelhas ,maduras, funghi ,terroso, ligeira evoluçãol Na boca, ótima acidez, taninos finos , corpo médio final de boca bem fresco com frutas evoluidas e terroso . Vinho com estilo bem tradicional  Nota 90/100






Los Despedidos  Pais 2013 – Elaborado pela San Pedro com uvas do vale de Itata, com passagem em barricas de 3º e 4º uso  por 3 meses , e 14,2 de álcool . - Violáceo , ralo, sem halo. Olfativamente marcado por frutas negras e vermelhas , baunilha, e tostado. Ótima acidez, taninos presentes ainda bem adstringentes, alcool ok, corpo médio,  retrogosto frutado e terroso . Vinho muito interessante elaborado com esta varietal trazida pelos colonizadores . Nota 89/100





Syrah Aconcagua Costa 2012 – Elaborado pela Errazuriz com uvas do Vale de Aconcagua, com passagem de 14 meses por barricas francesas de 2º e 3º uso , com 13,5% de álcool.  - Violáceo , extra tinto, sem halo. No nariz framboesa, frutas negras com ligeiro dulçor,  especiarias, e flores secas de montanha. Acidez cortante, taninos presentes, encorpado ligeiro toque alcoolico, final de boca frutado com framboesa . Nota 87/100






El Insolente Carignan 2010 – Elaborado pela Rouge Vine com uvas do Vale de Itata, passagem se 14 meses por barricas neitras mais um ano de garrafa, com 12,6% de álcool – Rubi, média para ampla concentração sem halo. Vinoso, frutas negras, azeitonas, grafite, hervas escuras. Alta acidez ,taninos presentes muito finos,corpo médio, retrogosto com frutas negras e tinta de caneta . Um Vinhaço, ainda jovem mas com muito potencial de envelhecimento. Nota 91/100





Piedras Pizarras Cabernet Sauvignon 2013- Elaborado pela Santa Carolina, com uvas do Vale de Cachapoal,  com passagem de 14 meses por barricas de 2º, 3º, e 4º uso e 12,8% de álcool  - Rubi, alta concentração, sem halo. Olfativamente com intenso floral, violetas, e tostado bem integrado. Ótima acidez, taninos presentes delicados ainda não prontos, corpo médio retrogosto frutado e terroso,e  madeira velha . Um vinho fresco, delicado , facil de beber . Nota  89/100





Gosto muito de participar dos eventos organizados pela Wines of Chile, pois sempre trazem novidades que parecem ser a marca registrada dos produtores deste país. Parabéns


Wines of Chile : www.winesofchile.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário