21 de nov de 2016

Visitando o Douro pela Jovem Pan

O Douro visto da Quinta dos Murças 

Hoje vou dedicar meu post ao segundo tema de minha recente viagem a Portugal “o Douro” e para quem já conhece esta região o que falarei hoje não será nenhuma novidade. O Douro é para mim a mais linda região vinícola do mundo, tendo como destaque as bucólicas encostas, do rio que lhe dá o nome, sempre decoradas por centenas de Quintas e seus coloridos vinhedos que vão mudando de cor com o passar das estações. Lá tivemos o prazer de visitar duas Quintas, a do  Crasto, para mim a de mais  bela vista das quintas de lá, e a dos Murças hoje de propriedade da Herdade do Esporão. No Crasto fomos recebidos pelo sempre alegre e dinâmico Thomas Roquette (uma figuraça) em delicioso almoço, e pelo gentil e prestativo Pedro Guedes de Almeida durante nossa visita e estada na Quinta. Uma visita com o tratamento VIP que já nos acostumamos a receber quando vamos a Portugal, com muitas histórias, boa comida e ótimos vinhos!

Sobre os vinhos
Bem sou suspeito para falar dos vinhos desta região, pois aprecio demais sua capacidade de guarda e sua complexidade aromática, tive uma prova disto em degustação de safras antigas que fizemos na Quinta Crasto durante jantar com o Pedro Guedes. Fomos surpreendidos  com o vivo e fresco Crasto Branco 2008, o sedoso Crasto Tinto 2003, ambos vinhos de entrada da casa que aqui no Brasil custam por volta de R$ 80 a garrafa, e que estavam perfeitos para o consumo  mesmo com seus longos anos de garrafa que não é comum para os vinhos mais básicos,  na sequência um o complexo, maduro e ainda frutado Tinta Roriz de 1997 que foi aclamado pelo grupo que me acompanhava,  e para finalizar um dos épicos da casa o inconfundível e único Maria Teresa 2003, um vinho pronto para beber mas que estou certo que atingirá seu ápice daqui uns 5 anos. Claro que durante nossa estada tivemos a oportunidade de provar todos os vinhos da casa, tanto durante nossa visita pela adega, como durante as degustações programadas e nos almoços, mas fiz questão de destacar os exemplares do jantar que me ajudam a explicar uma coisa muito importante, que quando o produtor é bom os resultados são vistos especialmente em duas frentes: a qualidade de seus vinhos de entrada e a capacidade de envelhecimento dos mesmos e ainda mais da sua linha TOP. E por ai que se separam os homens dos meninos.
Jantar na Quinta do Crasto

Ainda sobre os vinhos elaborados no Douro devo dizer que hoje em dia eles me agradam ainda mais do que na época do boom dos denominados  vinhos novomundistas. E explico, hoje a maioria deles  estão mais elegantes e menos pesados, mas ainda mantendo o vigor e o grande potencial de  guarda. P que os tornam mais fáceis de beber e de acompanhar as deliciosas comidas regionais. Da segunda visita ( Quinta de Murças) que produz o conhecido Assobio , e o complexo Murça Reserva,  vou concentrar minhas linhas nas  novidades da vinícola,  neste mês de Novembro fazem o  lançamento de 3 novos rótulos , que nos, felizardos, conseguimos provar em avant premier:  o elegante Minas elaborado com uvas que vem dos lotes mais altos dos vinhedos, o estruturado Margem que como o nome já diz vem dos lotes perto da margem do rio, e o TOP de linha VV47 2012 proveniente de uvas do melhor lote dos vinhedos, bem no estilo dos Crus franceses. Estes novos vinhos passam a integrar o portfólio da Qualimpor no ano de 2017. Não esquecendo todos os vinhos que levam o nome de Quinta de Murças são elaborados com uvas de cultivo orgânico e fermentados com leveduras indígenas
Curtindo o Douro da piscina da Quinta do Crasto

DICAS
Pernoite na Quinta do Crasto, uma das vistas mais bonita do Douro com direito a um banho de piscina sem fim com vista para o rio Douro inesquecível.
Passeio de barco Frienship. Imperdivelmente bucólico
Estada no tradicional Vintage House Hotel no Pinhão. Um luxo só.
Passeio de trem pelas costas do Douro. Encantador
Sem comentários rss !

OBS: Todos os vinhos tanto da Quinta do Crasto como da Quinta da Murça são distribuídos no Brasil com exclusividade pela Qualimpor, mais informações chequem no site abaixo.
Aproveito para agradecer a calorosa recepção que tivemos nas duas quintas.


Qualimpor : Site - www.qualimpor.com.br  - Fone (011) 5181 4492

Nenhum comentário:

Postar um comentário