12 de ago de 2016

Wines of Chile continua dando um show de vinhos


Os produtores chilenos todos os anos realizam no Brasil se evento Tasting Wines of Chile, composto da já tradicional feira de vinhos e de seus concorridos Masterclass. Neste seu 6º ano o tema principal foi “Vinhos de Clima Frio” e a prova conduzida pelo sommelier Marcelo Pino e contou com a presença de diversos enólogos representando cada uma das marcas presentes. O evento iniciou com um curto speach do presidente da  Wines of Chile seu organizador,  focado no código de sustentabilidade cada vez mais adotado pelos produtores chilenos, teve também as boas vindas de Oscar Paes representante oficial da Wines of Chile no Brasil e com a apresentação de Angélica Valenzuela nova diretora comercial que nos informou que o Brasil passo a ser mercado prioritário dos negócios de vinho Chile junto apenas com os EUA , o que demonstra a importância de nosso país na vendas do país.

O Masterclass contou com a presença de 11 vinhos que descreverei abaixo:



1) Montes Outer Limits 2016 -  Sauvignon Blanc do Vale de Aconcagua. com 12,5 % álcool – Palha verdeal brilhante. Maracujá, folha de tomate, casca de limão, mineral e  pontinha de açúcar. Ótima acidez ligeira tanicidade, corpo médio, limpo, fino final marcado pelo floral e grama cortada. Vinho intenso e nervoso. Nota 89/ 100. R$ 187 – Mistral. 

2) Tara 2014 - Chardonnay com 13%  de alcool com 30% do vinho passando por 12 meses de barrica de 5 uso. Dourado com ligeiro toque verdeal. Mineral, limão, floral e pedra molhada. Na boca boa acidez, ligeira tanicidade, untuoso, corpo médio para amplo, retrogosto frutado e salgadinho. Vinho mais seco, direto e mineral. Nota 90/100. – R$ 200 Cantu.
  
3) Errazuriz Aconcagua Costa Chardonnay 2015 com 13% de álcool com 11 meses em barricas francesas. Palha verdeal brilhante. Flores brancas, pêssego verde, maça e mineral. Boa acidez, seco, áspero, bem cítrico, corpo médio, retrogosto cítrico. Um vinho mais suculento, rústico e gastronômico. Nota 89/100 – R$ 172 – Vinci.

4) Signos de Origen 2014 – Corte de Chardonnay, Viognier, e Marsanne e Roussane  com 14,0% de álcool e 6 meses de guarda em barrica e ovo de concreto.-  Dourado brilhante. Floral, abacaxi maduro, mineral, pedra molhada, uma leve baunilha . Na boca, macio, sedoso, delicado,corpo médio, retrogosto com pêssego e  pontinha adocicada . Vinho muito fino, elegante, aristocrático que me lembrou um bom chardonnay da Borgonha. Nota 91/100. – R$ 126 – La Pastina.


5) Morande Creole 2014  - Cinsault com 13% alcool, e 5 meses em ovos de cimento. Violáceo, baixa concentração, sem halo. Framboesa, herbáceo, e toque floral lembrando violetas. Acidez média, taninos finos mas ainda verdes, corpo leve , final de boca frutado com pontinha de alcool e ligeiro terroso , Vinho jovem, no estilo natural que remete a maceração carbônica , simples  mas muito gostoso. Nota 89/100– R$ 180 – Grand Cru.


6) Cool Coast Casa Silva 2014  - Pinot Noir , 14% de álcool, com passagem de 2 anos por barricas. – Rubi , ralo, sem halo. Morango, framboesa, ligeiro couro, pimenta, e leve tostado. Tripé correto, taninos leves presentes, cremoso, corpo médio, retrogosto frutado com ligeira amêndoa . Vinho bem balanceado, e fácil de beber . Nota 88/100. – R$ 150 – Vinhos do Mundo.

7) Siegel Single Vineyard 2014 - Carmenere  com 14%  de álcool e 8 meses de barrica . – Rubi, extra tinto, sem halo. Herbáceo, frutas vermelhas em geleia, eucalipto, balsâmico, e terroso. Na boca, boa acidez, taninos presentes, alcoólico e final de bocs com ligeiro amargor. Vinho volumoso com predominância de geleia de frutas e herbáceo. Nota 86/100. – R$ 90 - Tahaa

8) Kankana del Elqui 2011 Syrah, com 14,8% de álcool, e  18 meses de passagem por  barrica. – Rubi, extra tinto, com leve halo. Complexo, carne defumada, frutas negras, grafite, menta, animal, couro. Ótima acidez, taninos finos, estruturado, suculento, final de boca com fruta e tabaco. Grande vinho onde a boa acidez dá o balanço da boca escondendo o alto teor de álcool.   Nota 91/100. – R$ 361 – Interfood

9) Memorias  Viña El Principal 2013 Corte com 45% de Cabernet Sauvignon, 32% de Cabernet Franc, 15% de Petit Verdot, e 8% de Syrah,  com 15% de alcool e passagem de  16 meses por barricas francesas. - Rubi violáceo, extra tinto, sem halo. Olfativamente complexo com framboesa café, toque  mentolado, e tostado agradável. Na boca, potente, envolvente, tripé bom, com ligeira sobra de álcool, taninos gostosos, longo, final de boca mais moderno, mas muito agradável. Definitivamente um vinho macio, muito bem elaborado que mantém constante padrão de qualidade Nota 90/100 – R$ 300 - Decanter

10) Casa Real Santa Rita 2011- Cabernet Sauvignon  com 14,5% de álcool e passagem de 15 meses barricas novas. - Rubi violáceo, extra tinto, leve halo. Olfativamente complexo, frutas negras e vermelhas maduras, tostado, leve toffe, noz moscada,  pimenta, herbáceo bem delicado. Tripé correto, vibrante, taninos finos, corpo médio, retrogosto frutado com café. Um vinho delicioso, elegante, estilo velho mundo, lembrando um bom Bordeaux - Nota 92/100. – R$ 747 – Winebrands.

11) Silencio  Cono Sur  2011- Cabernet Sauvignon com 13,7% de álcool  e passagem de 22 meses de barricas. Rubi extra tinto com halo de evolução. Frutas negras maduras, café, balsâmico, fósforo, herbáceo lembrando menta e baunilha. Ótima acidez, taninos finos mas ainda verdes, bom  corpo, suculento, final de boca frutado com algo metálico lembrando  sangue.  Nota 89,5/100 – R$ 1.100 - La Pastina

Ficam ai algumas outras dicas de vinhos provados na feira:

Aresti Special Release 2014 Pinot Noir – Sem importador
Ecos de Rulo2014 Cabernet Sauvignon – R$ 147 - World Wine
Cremaschi Furlotti2013 Carignan – Sem importador
Cantoalba 2015 Pinot Noir – Sem importador
Caballo Loco Cru Limari  Syrah – R$ 313 - Ravin
Chilcas Single Vineyard Chardonnay 2015 – Galeria dos Vinhos

Parabéns a Wines of Chile por mais este maravilhoso evento, e até o ano que vem!


Wines of Chile – Site  www.winesofchile.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário