20 de ago de 2016

Castiglion Del Bosco o sonho de Ferragamo agora no Brasil

André Maculan e Roberto Ruscito

Massimo Ferragamo fez fortuna com a  moda, e parte do dinheiro foi investido em 2003 na compra da área de preservação ambiental chamada de Castiglion Del Bosco que conta com 2 mil hectares, dos quais 65 deles de vinhedos com clones da Sangiovese plantados supostamente por Ferrucio Biondi Santi que conta a historia podem ter sido os que foram usados para elaborar os primeiros Brunellos di Montalcino. Ferragamo possui também outra propriedade em Riparbella que tem 11 hectares plantados com variedades estrangeiras como Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc, e Petit Verdot., além de uma vinícola construída em  2004 em Castiglion Del Bosco. A enóloga responsável desde a inauguração do empreendimento é Cecília Leoneschi mas que também conta com o agrônomo Ruggero Mazzili defensor ferrenho e iniciador da da agricultura sustentável na toscana, e mais recentemente do badalado enólogo consultor Beppe Caviola.
Todos os vinhos hoje elaborados pela Castiglion Del Bosco são biológicos, da região de Montalcino possuem o Rosso, o Brunello, o Campo Del Drago, Millecento, e o San Michele um Vin Santo Occhio di Perdice, enquanto que da região de Bolgheri (Vigna Riparbella) o Dainero e o Prima Pietra.


 Pois bem, a partir de agora os vinhos da Castiglion Del Bosco já podem ser encontrados no Brasil e quem está trazendo os mesmos, é o amigo André Maculan com sua Via Vini. Na semana que passou tive o prazer de provar alguns deles com André e Roberto Ruscito export manager da Vinícola:

Rosso Castiglion del Bosco 2014 – Varietal 100% Sangiovese com 14% de álcool . Rubi, ralo, sem halo. Violetas, frutas vermelhas, limpo, menta. Boa acidez, taninos finos ainda não prontos, corpo curto, retrogosto frutado bem leve agradável. Um Rosso de alto padrão com ótimo custo benefício. Produção anual 45 mil garrafas - R$ 130


Brunello Castiglion Del Bosco 2010 – Varietal 100% Sangiovese com 14,5% de álcool e passagem de 24 meses por barricas francesas – Granada, média concentração, halo de evolução. Frutas vermelhas azedaso, violetas, couro, ervas aromáticas, e ligeira baunilha. Na boca ótima acidez, taninos finos, ainda ligeiramente rascantes, corpo médio, retrogosto com cereja, menta e tostado. Um Brunello limpo, mais para o estilo macio, mesmo que taninos ainda precisem de tempo de garrafa. Produção anual 90 mol garrafas R$  340



Brunello di Montalcino - Campo del Drago 2011 – Varietal 100% Sangiovese com 14,5% de álcool com passagem de 24 meses por barricas francesas – Rubi, média concentração, leve halo. Frutas vermelhas maduras, violetas, ligeiro químico e baunilha.  Boa acidez, taninos finos, corpo médio para amplo, ponta de álcool, retrogosto bem macio e frutado. Um vinho mais estruturado extremamente bem elaborado. Produção anual 6 mil garrafas  R$ 490








Prima Pietra 2011 – Corte de 50% de Merlot, 30% de Cabernet Sauvignon, 10% de Cabernet Franc, e 10% de Petit Verdot , com 15% de álcool e passagem de 18 meses por barricas francesas sendo  50 % novas. Violáceo, extra tinto, sem halo. Frutas negras azedas, pimenta, herbáceo, menta, tostado, e pimenta preta. Acidez correta, taninos delicados, bom corpo, estruturado, retrogosto bem frutado, ainda muito jovem. Um típico Super Toscano, mais opulento, macio e fácil de beber. R$ 300 -Produção anual 10 mil garrafas
Para terminarmos a prova nos foi reservado um Brunello de safra mais antiga (2004) que ajudou a comprovar a teoria que um bom Brunello deve ser consumido acima dos 10 anos de guarda.


Brunello di Montalcino Castiglion del Bosco 2004  - Granada alta concentração halo intenso.  Fruta vermelha madura, aromas  balsâmicos, violetas, terroso e  tostado. Na boca, ótima acidez,taninos ainda intensos, quente, encorpado,  final de boca potente e  maduro .







Foi bastante importante termos este último Brunello na mesa pois serviu para nos mostrar a mudança de estilo dos vinhos elaborados pelo Castiglion Del Bosco, especialmente depois da entrada do novo enólogo consultor, famoso por elaborar vinhos naturais, mais delicados e elegantes.

Certamente vinhos maravilhosos que estão sendo disponibilizados a preços mais baixos do que estamos acostumados a ver em nosso mercado,e que mostra a filosofia comercial e do time enxuto desta nova importadora, que promete ainda mais novidades em breve, sempre a preços camaradas.

Fica ai a dica


Via Vini – Site: WWW.viavini.com.br – Fone (011) 5042 0077

Nenhum comentário:

Postar um comentário