14 de jul de 2016

Paul Hobbs e seus deliciosos Cobos


Paul Hobbs costuma vir ao Brasil todos os anos para divulgar seus vinhos e neste não foi diferente. Para esta ocasião decidiu focar sua  viagem na divulgação  sua linha Cobos elaborada na Argentina. Paul gosta sempre de contar suas aventuras de início de operação e de como chegou  aos dias de hoje, certamente uma história de sucesso e perseverança ainda mais por ele ter em seu curriculum o fato de ter sido  um dos pioneiro no desenvolvimento da Malbec que se tornou a   grande estrela dos vinhos tintos argentinos. Mas Paul diz que  que continua  aprendendo com a varietal testando novas regiões , tipos de solo altitudes e até processos de produção, sempre na busca de um Malbec perfeito. São pequenos detalhes que fazem a diferença diz ele dando como exemplo a maciez dos taninos quando esta variedade é plantada em solos arenosos, ou os taninos mais intensos de quando as videiras estão em solos rochosos, e comprova isto  quando os vinhos são servidos.Por estas e por outras é que os vinhos de Paul Hobbs são tão reconhecidos e procurados mesmo que seus preços sejam sempre bastante altos. Durante nosso encontro organizado pela Grand Cru tive a oportunidade de provar os seguintes vinhos  


Cobos Bramare Zingarelli Malbec 2012 com uvas da região do Vale de Uco – R$ 745 – Rubi, extra tinto, sem halo. Olfativamente complexo e delicado, cereja madura, pétalas de rosa, framboesa, couro, chocolate, menta, e ligeira baunilha.  Muito boa acidez, taninos presentes, bom corpo, macio , retrogosto frutado com toque delicado de madeira . Um vinho extremamente elegante e sedutor este agrada até quem não gosta de Malbec – Nota 93/100





Cobos Rebon Malbec 2012 – com uvas da região de La Consulta – R$ 532 - Rubi extra tinto, sem halo. Fechado, frutas negras frescas, violetas, café, tabaco, toque mineral  e  ligeiro amadeirado. Na boca, boa acidez, ponta de álcool, Taninos intensos ainda não prontos, estruturado, longo, final mais austero. Vinho que  precisa de garrafa , mais rústico – Nota 89/100

Bramare Marchiori Malbec 2010- Com uvas da região de Pedriel – R$ 689 - Rubi extra tinto, frutas negras maduras, ramboesas, , alecrim, cacau, cravo, balsâmico, coco, e leve couro. Na boca ótima acidez, taninos finos, encorpado, quente, retrogosto frutado com pontinha doce. Um vinho mais para os apreciadores do estilo novomundista, Nota  90/100

Bramare Marchiori Cabernet Sauvignon  2012 – Com uvas da região de Pedriel - Rubi extra tinto, sem halo. Cassis, cereja no licor, herbáceo, alcaçuz, pimenta do reino, floral e leve tostado. Ótima acidez, taninos presentes mas muito finos, mais suculento que os cabernet em geral, encorpado, e  gastronômico . Um vinho que evoluiu demais com tempo de taça, delicioso-  Nota 92/100. 


Cobos Malbec 2013 –Com uvas de Pedriel – R$ 1.565 -  Rubi extra tinto, sem halo. Olfativamente com frutas negras maduras, chocolate, alcaçuz, floral, grafite, pimenta e toque de baunilha.  Na boca, boa acidez,  taninos finos, corpo médio, sem presença aparente de álcoool, retrogosto com  cereja no licor e ligeira amêndoa e mineralidade. Uma grande vinho mas ainda muito jovem, mais uns dois aninhos de garrafa lhe darão maturidade - Nota 92/100






Grand Cru – Site : WWW.grandcru.com.br  - Fone 0800 777 8558 

Nenhum comentário:

Postar um comentário