9 de abr de 2016

Gambero Rosso o ícone entre os Guias de vinho da Itália


Guia de vinhos sempre foi um tema muito polêmico entre os apreciadores de vinho, por ser um alimento vivo muitos dizem que a analise feita em um determinado momento mostra apenas o que aquele exemplar expressa no exato momento da abertura da garrafa e portanto pode dar uma ideia errônea da performance futura pois cada vinho reage de uma forma diferente à guarda e que consequentemente um vinho que não é tão palatável naquele momento pode superar no futuro vinhos que se dão bem em um primeiro momento. Certo ? Sim, mas pergunto de que maneira um expert pode fazer comparações e indicar bons vinhos para o consumo dos compradores ? Para mim o Guia é de fundamental importância para a maioria dos apreciadores de vinho que não tem a oportunidade de provar muitos exemplares afinal qual é o consumidor que pode provar mil, dois mil vinhos para ver qual o que considera melhor. IMPOSSIVEL. Tendo dito isto, sou total partidário ao uso dos bons guias, e no que diz respeito a vinhos Italianos GAMBERO ROSSO é o guia que mais utilizo. 

Nesta semana tive a oportunidade de participar de três eventos: 4ª Edição do Top Italian Wines Roadshow , Master Class Gambero Rosso 1, e Almoço de lançamento da 29a edição do Guia. O Roadshow contou com a presença de por volta de 60 produtores premiados cada um deles com sua mesa de degustação, no Master Class 1 da qual participei com a cordenação de Marco Sabellico e os comentário de nosso Jorge Lucki, provamos 28 vinhos premiados na edição 2016, e para finalizar um descontraído almoço onde pudemos tomar alguns de nossos vinhos favoritos das provas anteriores e ainda recebermos um exemplar do Guia 2016.
Apenas alguns dados para que você tenha uma ideia do que é realizar um guia como este, Neste ano 421 vinhos foram premiados com os desejados 3 bicchieri, e para chegar a este resultado foram provados 22 mil vinhos de 2400 produtores ! Aproveito para informar os melhores do ano:


Vinho Tinto do Ano – Etna Rosso V. Barbagalli 2012 da Pietradolce
Vinho Branco do Ano – Collio Friulano 2014 do Schiopetto
Espumante do Ano – Franciacorta Dosage Zero Noir Vintage2006 da Ca Dal Bosco
Vinho de Sobremesa do Ano – Valle D’Aosta Chambave Moscato Passito Prieuré2013 daLa Crotta de Vegneron
Vinicola do Ano – Allegrini





Master Class 1 – Provamos os seguintes vinhos:


ESPUMANTES VENETO

De Stefani Conegliano Valdobbiadine Brut – Veneto
Tenute Genagrícola Prosseco Extra Dry – tenuta Sant’Anna – Veneto
Bartolomiol Valdobbiadine Extra Dry Banda Rossa 2015 – Veneto
Villa Sandi Cartizze Brut V. La Rivetta – Veneto
Barone Pizzini Franciacorta Animante Brut – Veneto
·         Entre os Espumantes venetos meu destaque ficou para o De Stefani, e para o Villa Santi







ESPUMANTES LOMBARDIA E TRENTINO

Bella Vista Franciacorta Brut Teatro alla Scala 2010 - Lombardia

Santa Margherita Gruppo Vinicolo Franciacorta Couvee Annamaria Clementi  Riserva 2006 Ca dal Bosco - Lombardia

Gruppo La Vis Trento Brut Tridentum 2010 Casarini Sforza - Trentino.

·         Para os Espumantes da Lombardia e Trentino meu destaque foi para o Ca dal Bosco










BRANCOS

 La Raia Gavi Riserva 2013 - Piemonte

 Le Monde Friuli Grave Pinot Bianco 2014 - Friuli

 Zorzettig FCO Pinot Bianco Myo 2014 - Friuli


 Livon CollionFriulano Manditocai 2014  - Friuli

 Schiopetto Collio Friolano 2014 - Friuli

 Jermann Vintage Tunina 2013 - Friuli

 Nals Margreid Pinot Bianco Sirmian 2014 - Alto Adige

Cantina Produttori San Michele Appianno Sauvignon Lahn 2014 - Alto Adige

 Ca Maiol Lugana Molin 2014 - Lombardia Palha

 Ottella Lugana Molceo Riserva 2013 - Veneto

Lunae Bosoni Colli di Luni Vermentino Et. Nera 2014 - Liguria

Vigne Surrau Vermentino di Gallura Superiore Scialla 2014 - Sardenha

·         Entre os brancos meu favorito de longe foi o Schiopetto, seguido pelo Livon e pelo Jermann provando que os brancos italianos estão cada vez melhores.

TINTOS


Medici Ermete  e Figli Reggiano Lambrusco Concerto 2014 - EmilianRomana

Castello di Cigognola OP Barbera Dodicidodici 2013 - Lombardia

 Gaja Langhe Nebbiolo Sperss 2011 – Lombardia

 Marchese di Barolo Tradizione 2011- Lombardia

Bolla Valpolicella CI 2014 – Veneto

Masi Campofiorin 2012 – Veneto

Tenuta Sant’ Antonio Amarone Selezione Antonio Castagnedi 2012 

Allegrini Amarone  2011 – Veneto

·         Dentre os tintos meus destaques para o Gaia Langhe , e para o Amarone da Allegrini


Após o MasterClass fiquei apenas uma hora provando alguns vinhos nas mesas do Roadshow e devo destacar alguns vinhos que me encantaram :

Chardonnay Jermann 2014 que recebeu 2 bicchieri mas que particularmente ,e agradiu mais do que o próprio Tunina que recebeu 3 bicchieri - Sem importador 

St Michael Eppan Lagrein St Valentin 2013 que também recebeu 2 bicchieri trazido pela Vinci

Zorzettig Friulano 2014 mais um que recebeu 2 bicchieri – Sem Importador

Nicosia Etna Rosso  2013 com 2 bicchieri trazido pela Itália Mais

Pindaccoli Foglia Tondadel Rinascimento 2012 que também recebeu 2 bicchieri  Sem importador

Dedicato a Walter 2012 – Que recebeu 3 bicchieri, importado pela Inovini



Os eventos do Gambero Rosso são sempre uma oportunidade única de atualizarmos nosso conhecimento no que de melhor existe entre os vinhos italianos recém lançados . Não perca o próximo evento que no ano que vem comemorara os 30 anos do Guia

Gambero Rosso: Site - www.gamberorosso.it


Nenhum comentário:

Postar um comentário