17 de jun de 2015

Donatella Cinelli Colombini uma dama guerreira do vinho


Todos nos passamos pela vida com o objetivo de deixar um legado mas isto demanda muito trabalho, amor e dedicação, e com isto muitos se perdem no caminho e preferem se deixar levar pelos ventos do “destino”. Este certamente não é o caso desta mulher movida a sonhos sempre transformandos em realidade pela tenacidade e capacidade que a caracterizam. Quando você a conhece fica impressionado pela delicadeza e por sua sempre presente gentileza, uma verdadeira dama,  mas basta aprofundar a conversa para notar que por detraz desta delicada capa feminina existe um verdadeiro vulcão de ideias e o sangue de uma guerreira.
Conheço a Donatella a agum tempo devido minhas viagens anuais para os Anteprimas Toscanos mas nunca havia tido a oportunidade de entrevista-la e conhece-la mais profundamente, e só posso dizer que gostei muito do que ví. Não percam a entrevista que deverá ser publicada na próxima edição da revista Go Where Vinhos. Estive com Donatella esta semana em evento, organizado por Wlamir e Solange Rizzo proprietarios da Vinissimo importador exclusivo de seus vinhos para o Brasil. Na ocasião além da descontraida entrevista tive a oportunidade de participar de uma vertical com seu delicioso IGT Cenerentola um corte da tradicional Sangiovese e da autoctona que em minha opinião tem um futuro brilhante , a Foglia Tonda. Vejamos o decritivo dos vinhos tomados

Cenerentola  IGT 2001 – Corte com 65% de Sangiovese e 35% de Foglia Tonda com 13,5 % de álcool , e passagem de 1 ano por barricas – Enologo Fabrizio Chiufoli . – Rubi,  alta concentração, halo de evolução. Vinoso violetas, terroso, chocolate, especiarias, tostado, e sottobosco.  Na boca, ótima acidez, taninos finos resolvidos, corpo médio, suculento retrogosto frutado, final de boca elegante com frutas maduras e sottobosco, pronto  muito gastronomico e bem no estilo tradicionalista foi meu favorito para tomar hoje. 92/100

Cenerentola IGT 2004 – Corte com 65% de Sangiovese e 35% de Foglia Tonda com 14%  de álcool, e passagem de 1 ano por barricas e toneaux franceses . – Enologo Carlo Ferrini - Violaceo indo para rubi intenso , sem halo. Nariz com frutas vermelhas maduras, mais extraido, herbáceo, ligeiro dulçor, mineral,  tostado, e baunilha. Na boca, alta acidez, taninos finos mas ainda verdes, corpo médio, faltando  um pouco de meio de boca, Retrogosto balsâmico e tostado . Um vinho mais dentro do estilo novomundista com bastante fruta ponta de álcool e presença mais marcante de madeira. 88/100

Cenerentola  IGT 2007– Corte com 65% de Sangiovese e 35% de Foglia Tonda com 14%  de álcool, e passagem de 1 ano por barricas e toneaux franceses . – Enologo Carlo Ferrini - Violáceo alta concentração. Nariz trazendo predominância floral, violetas, cereja, especiarias, herbáceo, e baunilha. Boa acidez, taninos ainda rascantes, corpo médio para amplo, ponta de álcool,  final de boca fresco e frutado e tostado. Vinho com estilo mais intenso mas ainda assim mantendo um ótimo balanço de boca 89/100

Cenerentola IGT  2010 - Corte com 65% de Sangiovese e 35% de Foglia Tonda com 14,5 %  de álcool, e passagem de 1 ano por barricas e toneaux franceses . – Enologo Valerie Lavigne  - Granada, média concentração, leve halo. Frutas negras maduras, herbáceo lembrando menta, ,floral mais intenso,  mineralidade, e tostado muito delicado. Ótima acidez, taninos finos ainda marcados mas doces,  corpo médio, harmonioso mesmo com a pontinha de álcool, elegante, retrogosto frurado e gastronomico. Definitivamente um vinho mais feminino e mesmo com álcool mais acentuad,o sua presença de boca é delicada, gostaria de tomar este vinho daqui 5 anos quando deverá estar em seu auge  90/100
Grazie Donatella

OBS:  A Vinissimo tem hoje em seus estoques o Cenerentola 2007 por R$ 246,25 ou em até 12 x de R$ 24,72 com juros



Vinissimo – Site: www.vinissimostore.com.br  Fone (011) 4195 5554 

Nenhum comentário:

Postar um comentário