7 de mai de 2015

A tradicional Cecchi na La Pastina



Uma das vinícolas mais  tradicionais da Itália a Cecchi foi fundada em 1893 Luigi Cecchi, e se tornou muito conhecida na história por ter sido uma das primeiras a colocar a venda os Chianti nos famosos fiaschi com palha que tornaram o este denominação italiana famosos no mundo inteiro. Hoje a empresa possui 500 ha de vinhedos na Toscana, sendo  125 ha  no Chianti dos quais 82 plantados. Além de produzir seus puros toscanos ( Chianti, Chianti Classico,  Montepulciano, Montalcino, Scanzano,  Montecucco, San Gimignano, e Maremma ), recentemente a empresa também se aventurou pela Umbria onde elabora os DOCG Sargantino di Montefalco. Hoje a Cecchi se destaca ni mecado internacional exportando 65% de sua produção em 60 diferentes países do mundo.
Nesta 2ª feira participei da apresentaçãi de suas novas safras que contou com  a presença da diretora da vinícola Gabrizia Cellai com a qual provamos 3 vinhos:

Cecchi la Mora Morelino di Scansano DOCG 2012 – Corte com 90% Sangiovese e 10% de outras variedades plantadas na região de Grosseto, com passagem de 6 meses por tanques de inox , e 13,5% de álcool – Violáceo, média conçentração,  leve halo. Olfativamente fresco, frutas vermelhas,  cereja, couro, ligeiro confitado. Vinho jóvem frutado, taninos asperos, corpo médio, retrogosto frutado com ligeiro amargor.  R$ 85 – Nota 86/100






Cecchi Riserva di Famiglia Chianti Classico DOCG2010  - Corte com 90%  Sangiovese  e 10% de  Colorino e Canaiolo plantadas na região de Castellina in Chianti  com passagem de 12 meses em barricas de carvalho,e 13,5% de álcool. Cereja azeda, terroso,  violetas, mineral, e  borracha.  Na boca, ótima acidez, taninos presentes, corpo médio ,  retrogosto  frutado, terroso, fresco e muito gastronômico.  Um Chianti com grande tipicidade. R$ 180 – Nota 89/100.







Cecchi Coevo IGT 2009 – Corte com 50% Sangiovese , 30%  Petit Verdot, 10% Cabernet Sauvignon,e 10% Merlot (com passagem de 18 meses por barricas, seguido de afinamento em garrafa por 12 meses e 13,5%  de álcool – Rubi, extra tinto, sem halo. No nariz,  frutas vermelhas,  pimenta, violetas,  mineral, aniz, grafite e toque de chocolate. Na boca, ótima acidez, taninos finos, corpo médio para amplo,longo,  retrogosto  frutado e grafite. Vinho muito agradavel com frecor mineralidade e boa fruta. R$ 395 – Nota 90/100







La Pastina – Site www.lapastina.com – Fone 0800 7218881

Nenhum comentário:

Postar um comentário