27 de fev de 2015

Grande Prova Anual de Vinhos do Tejo


Tive o prazer de participar da Grande prova anual de vinhos do Tejo, evento composto por feira de vinhos com a presença de 13 produtores da Região do Tejo, organizada pela  CVR TEJO, e mais quatro Master Classes das quis participei da “Master Class imprensa” da qual farei nota específica adiante . Foram colocados a disposição dos presentes cerca de 100 rótulos, dentre brancos, rosés, tintos e espumantes. Os 13 produtores da CVR TEJO que que apresentaram seus produtos foram: Adega Cooperativa do Cartaxo, Agro Batoréu, Casal Branco, Casa Cadaval, Casal da Coelheira, Casal do Conde, Falua, Fiuza, Quinta da Badula, Quinta da Lapa, Quinta do Casal Monteiro, Quinta Vale de Fornos, Quinta da Alorna e Pinhal da Torre. Por uma questão de tempo e metodologia consegui degustar apenas os produtos de 3 dos 13 produtores dos quais destaco a seguir aqueles vinhos provados :

CASAL DAS COELHEIRAS – Importada pela MAX BRANDS

Terraços do Tejo 2010  - Corte de Aragonez, Sshiraz e Castelão , com  13,5 % de álcool – Rubi, média concentração, brilhante sem halo. Olfativamente com ameixa azeda, tostado, e floral. Boa acidez , taninos presentes agradaveis, corpo médio, pontinha de alcool retro frutado com toque floral.  Vinho de entrada com ótimo balanço de boca,  seu preço que era de  R$ 35 vai para R$ 45 devido aumento da taxa de câmbio

Casal da Coelheira 2012 – Corte de Alicante Bouchet, Touriga Nacional, Touriga Franca,  com 13,5% de álcool-  Violáceo, média concentração, sem halo. Frutas vermelhas como a framboesa, herbáceo, terroso, especiarias e leve alcacuz. Otima acidez,  taninos verdes,  corpo médio para amplo, final de boca herbácea e frutada com ligeiro amargor. Vinho com estilo mais novo mundo. Gostei mais do irmão mais jóvem. Preço R$ 60 indo  para R$ 74

Casal da Coelheiras Reserva – Corte de Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon,e Toriga Franca com  12 meses de barricas drancesas e americanas, e 14%  de álcool – Violáceo, média concentração, sem halo. Frutas negras maduras, herbáceo, floral, Boa acidez, taninos presentes, corpo amplo, retrogosto frutado com toque herbáceo. Mais um vinho estilo novomundista, muito bom mas precisando de anos de garrafa ainda bem jovem . Preço será R$ 150

Mythos 2012  - Corte de Touriga Nacional, Touruga Franca, e Cabernet Sauvignon  com 14 meses e barrica sendo 80 de carvalho frances e 20% de americana. Violáceo, alta concentração , sem halo. Frutas negras azedas, pimenta preta, herbáceo, certa mineralidade lembrando grafite. Potente, boa acidez, taninos intensos mas ainda verdes, bom corpo, retrogosto frutado com toque amadeirado. Tremendo vinho de guarda e que já se deixa tomar agora, compre e guarde pelo menos 5 anos, prefrencialmente 10 anos. Preço será R$ 300







QUINTA DA ALORNA – Importado pela ADEGA ALENTEJANA

Quinta da Alorna Tinto 2013 – Corte de Alicante Bouchet, Tinta Roriz, Castelão,e Syrah  com % de álcool. Violáceo , média concentração, sem halo. Olfativamente marcado por aromas florais , alcaçuz, frutas vermelhas, leve canfora, e tostado. Na boca, macio , facil de beber ,acidez não excessiva, taninos presentes, corpo curto para médio, final de boca frutado com toques terrosos Um vinho certinho com ótima relação custo qualidade. para comprar de caixa. Preço .R$ 50

Quinta da Alorna Reserva 2011 – Corte de Cabernet Sauvignon e Touriga Nacional , com 13,5% deálcool e passagem de meses por barricas francesas. Violáceo inteso,boa concentração,  sem halo. No nariz, frutas negras azedas, mineral, floral. Na boca, boa acidez, taninos  empoeirados corpo médio, retrogosto frutado , final de boca com ligeiro terroso . Um vinho já com maior estrutura jóvem mas já trazendo certa evolu’;cão de frutas recomendo tomar agora. Preço R$ 85

Quinta da Alorna Touriga Nacional 2012 – Varietal 100% Toriga Nacional com 13%  de alcool , e passagem de 6 meses por barricas de 2º uso.  Violáceo , extra tinto, sem halo.  Olfativamente com intenso floral, frutas negras azedas lembrando framboesa. Na boca, boa acidez, taninos finos, corpo médio , retrogosto frutado com ligeira tanicidade. Um Touriga Nacional delicado fresco gastronomico, muito bom a preço honestíssimo R$ 60







Marquesa de Alorna Grande Reserva 20100 – Corte de uvas antigas sem especificação,  14%  de álcool , com passagem de 12 meses por barricas francesas.  Violáceo, alta concentração sem halo.Olfativamente complexo, frutas negras, floral, especiarias e toque de chocolate amargo.Na boca, média acidez, taninos verdes, corpo médio para amplo, longo,  retrogosto futado e terroso. Vinho de guarda. R$ 200




ADEGA COOPERATIVA DO CARTAXO – Importados por Malbec do Brasil


Bridao do Tejo Classico 2012 – Corte de Trincadeira,Castelão e Tinta Roriz, com 14% de álcool e rápida passagem por barricas. –Violáceo, alta concentração, sem halo. Olfativamente, violetas, picante, frutas negras azedas. Na boca, redondo, macio,  basico,  facil de beber . Ótimo custo benefício.  Preço  aproximado RS 30

Bridao Colheita Selecionada 2012 – Varietal 100% Touriga Nacional, com  14,5% de álcool. Violáceo, alta concentração, sem halo.Olfativamente frutado, framboesa , tostado, toque confitado. Na boca, ótima acidez, taninos presentes, corpo médio, final de boca frutado, com  bom balanco . Preço aproximado R$45

Bridao Private Collection 2012 – Corte de Alicante Bouchet e Touriga Naccional com  14,5% de  alcool e passagem de 8 meses por barricas  madeira portuguesas.  - Rubi , alta concentração sem halo. Nariz complexo, frutas negras, chocolate, terroso, e final marcado pelos terciarios. Otima acidez, taninos finos intensos, corpo médio para amplo, retrogosto mineral, grafite, e  chocolate, Vinho de guarda extremamente agradavel já pronto para ser tomado. Para mim o melhor desta vinicola.Sem preço definido







Coudel Mor Reserva 2011 – Corte de Touriga Nacional, Alicante Bouchet, Tinta Roriz, Trincadeira,e Syrah. com 14%  de álcool, e passagem de 9 meses em barricas americanas e francesa. Violáceo, extra tinto, sem halo. Olfativamente complexo,  floral intenso, frutas negras maduras, leve herbáceo e tostado. Boca com ótima acidez, taninos verdes, corpo medio , finl de boca terciario, mineral, e frutado. Precisa de garrafa.Sem preço definido

Bridao Reserva Tinto 2011 – Corte de Touriga Nacional, Alicante Bouchet, Tinta Roriz, Syrah , com 14,5% de álcool e passagem de  9 meses embarricas  frances americanas.  e 10% em barricas de  portugal. Violáceo. Extra tinto, sem halo. Olfativamente, frutas negras frescas, ligeiro lácteo . Bla acidez, taninos verdes leves, corpo médio para amplo,  retrogosto frutado e terroso. Bom vinho mas tem amargor final que depois de um tempo de taça me incomodou. Sem preço definido


Vinhos do Tejo - http://vinhosdotejo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário