3 de set de 2014

Koyle, Naturais de alta qualidade

Cristóbal Undurraga Marimón

A Undurraga é uma das mais tradicionais famílias do mundo vinícola do Chile, que teve a fundação  de sua primeira vinícola em  1885, empresa  esta vendida  em 2006 para a que hoje é GVP , e junto com os ativos fixos se foi também a tradicional marca. Mas a produção de vinhos está no sangue da família pois no mesmo ano da venda fundou sua nova vinícola a Viña Koyle  tendo como filosofia a elaboração r vinhos mais naturais seguindo os conceitos da Biodinâmica . Com terras em Las Lingues em Alto Colchagua reiniciaram suas atividades e hoje já contam com 10 rotulos elaborados com as varietais Cabernet Sauvignon, Carmenére, Syrah, Malbec, Pinot Noir, e Sauvignon Blanc. Cristóbal Undurraga Marimón é hoje um dos proprietários da empresa e o primeiro enólogo das 5 gerações Undurraga, tendo ampla experiência em sua profisão tendo inclusive trabalhado no mítico Chateâu Latour,. Foi ele que esteve no mes de Agosto em Dão Paulo para apresentar seus vinhos em degustação organizada por seu importador exclusivo no Brasil , a Grand Cru.

Vamos aos vinhos provados :

Koyle Costa Sauvignon Blanc 2012 – Varietal 100% Sauvignon Blanc sem passagem por madeira mas com estágio de um ano em ovos de cimento da Borgonha, sem epox, com  12,8 % de  alcool  elaborado com uvas de Paredones – Palha, média concentração, brilhante. Olfativamente muito limpo, mineral, pedra molhada, leve cítrico, e aspargos  brancos.  Na boca boa acidez, ligeira tanicidade, corpo médio, retrogosto  frutado e mineral. Adorei esse vinho que por sinal pela qualidade tem preço bem razoavel . Nota  89/RS 88





Koyle Costa Pinot Noir 2012 – Varietal 100% Pinot Noir   com passagem  de 12 meses em barricas usadas de carvalho para 50% do volume, e 50% em ovos de cocreto , com 14% de álcool  elaborado pelo processo de maceração carbônica, com uvas de Paredones, sem filtragem e baixo c2o  - Rubi violáceo, média concentração, sem halo.  Olfativamente, frutas vermelhas frescas , couro, animal.  Ótima acidez, taninos finos ainda ligeiramente  adstringentes, corpo médio, final de boca com forte mineralidade  fruta e couro. Vinho ainda jovem vai longe, gostei muito. Nota 89/100 - RS 150




Koyle Royale Tempranillo Mouvedre 2011 – Corte com 85% de Tempranillo e 15% de Mouvedre,  com passagem em barricas francesas usadas por 12 meses , mais 6 meses em ovos de cimento, e 14% de álcool. Elaborado com uvas da região de Los Lingues  - Rubi,media concentração sem halo. Olfativamente com violetas, frutas negras maduras , e tostado, Boca bem balanceada, acidez agradável,  taninos empoeirados, corpo médio. Retrogosto com  fruta negra e tostado. Um vinho agradável mas muito jovem . Nota 88/100 R$ 150,





Koyle Auma 2010 – Corte com 37% de Cabernet Sauvignon, 25% Carmenére,18% malbec, 13 % de Syrah, e 7% de Petit Verdot, com passagem de 24 meses por barricas francesas , e 14,3 de álcool , com uvas de Los - Violáceo ,extra tinto sem halo. Narz complexo , balsâmico, frutas negras maduras,  tostado, herbáceo, e erva doçe/ aniz. Na boca, tripé correto, taninos finos ainda verdes, corpo médio , retrogosto  frutado com toque tostado e mineral. Vinho de ótima estrutura mas bastante limpo e já pronto para beber.  Nota 91/100 - R$ 331




Cristóbal Undurraga  aproveitou também para apresentar o vinho que ele está elaborando na Argentina e que a Grand Cru também distribui.

 LTU Malbec 2008 – Varietal 100% Malbec com passagem de 24 meses por barricas novas francesas, mais um ano de garrafa, com 14,8%  de alcool  e produção anual de 5 mil garrafas – Violáceo, extra tinto, sem halo. Olfativamente , frutas negras maduras,  chocolate, e delicado tostado. Na boca,  acidez agradavel,   taninos finos ainda presentes , corpo médio, macio,  retrogosto frutado , com toque de  cafe. Vinho muito bem elaborado que agradou em cheio. – Nota  91/100 – R$ 290.





Grand Cru – Site:  www.grandcru.com.br  - Fone: 0800-777-8558

Viña Koyle - www.koyle.cl

Nenhum comentário:

Postar um comentário