7 de fev de 2014

Pato em São Paulo é demais




Esse Pato não dá Chabú . No meio desta polêmica transferência do atacante Alexandre Pato para o São Paulo que já está gerando a raiva de alguns são paulinos, a cidade recebeu de braços abertos outra pessoa que carrega o mesmo sobrenome e esta é certamente é cada vez mais respeitada por estas bandas, ela é Filipa Pato, filha do genial Luiz Pato, e posso afirmar sem dúvidas que ela  definitivamente já escreveu seu nome entre os grandes produtores de vinho de Portugal. Filipa me informou que o  mercado brasileiro é um dos mais importantes destino de seus vinhos, e que ela faz questão de pelo menos uma vez ao ano estar por aqui  visitando seu importador, clientes,  e  porque não até nos jornalistas. Tive o prazer de estar com ela nesta 4ª feira  em almoço preparado pela Casa Flora onde provamos 5 de seus principais produtos. Felipa sempre foi reconhecida por elaborar vinhos elegantes gastronômico e que tenham capacidade de envelhecimento, e que principalmente carreguem consigo a identidade de onde são produzidos, o Dão e a Bairrada.

Vamos aos vinhos provados: 

1)Espumante Rose 3 B Filipa Pato Brut elaborado com 70% Baga e 30% de Bical - R$ 67.
Salmão, brilhante, perlage ntensa, e bolhas de médio tamanho em turbilhão. Olfativamente,
frutado, pêssego, morango, casca de pão, e toque mineral. Na boca ótima acidez, bem fresco, seco, boa mousse, ligeira tanicidade, corpo médio, retrogosto fresco lembrando morango. Uma delicia de espumante. Nota 87

2) FP Bical e Arinto 2011 com 12,5%  de álcool. Corte com Bical fermenta em madeira o Arinto e fermentado em aco. - R$ 65
Palha verdeal. Olfativamente floral, mineral, lima da persia, e talco. Na boca, macio, redondo, amanteigado, elegante, retrogosto trazendo abacaxi,e  ligeiro tostado. Um vinho redondinho bem agradavel, mas que para mim podia ter um pouco mais de acidez. Nota 86





3) Nossa Calcário Branco  2011 - 13,5% de álcool - Varietal 100% Bical fermentado  em pipas -R$ 130
Dourado, ralo, brilhante com presença de bolhas na taca. Flores brancas, mineral, pimenta branca. Na boca ótima acidez, tânico, corpo médio para amplo, gastronômico, final de boca mineral com ligeiro salgadinho. Um vinho branco bem no estilo que eu gosto refrescante mas com muyita personalidade. – Nota 89





4) Filipa Pato Baga e Touriga Nacional 2011 - 13% de álcool. Elaborado com 75%  de Baga e 25% de Touriga Nacional- R$ 58
Violáceo, alta concentração, sem halo. Ameixa pretas fresca, framboesa, mineral, defumado, e leve couro. Na boca,leve, boa acidez, taninos ainda presentes, corpo médio, ponta de álcool, retrogosto delicado e frutado, muito agradável . Vinho de ótima relação custo benefício. Nota 88





5) Nossa Calcário Tinto 2010 -  13% de álcool. Varietal  100% Baga R$ 130
Violáceo. ralo. Olfativamente limpo, trazendo aromas de maceração carbônica, azeitona, Tabaco, e frutas negras. Na boca , austero, ótima acidez, taninos presentes delicados, corpo curto, elegante, suculento. Um vinho ainda jóvem mas com um tremendo potencial de guara. Foi meu favorito de longe, me lembra os bons vinhos elaborados de forma mais tradicional. Nota 91





Casa Flora - Site: www.casaflora.com.br – Fone (011) 2842 5199

Nenhum comentário:

Postar um comentário