19 de dez de 2013

Ontem tomei grandes vinhos na Casa do Porto




 Péricles é um amante dos bons vinhos e a muitos anos tem nos presenteado trazendo vinhos de altissima qualidade, entre eles os franceses do badalado Jean Luc Thunevin que para mim são o carro chefe desta importadora. A proximidade com o novo ano parece ter animado o Péricles, e ele promete  trazer coisas novas para 2014. Tivemos uma boa amostra ontem quando a Casa do Porto esteve aberta a seus clientes e jornalistas para apresentar alguns vinhos recentemente chegados às prateleiras da casa. Infelizmente não consegui provar todos pois tive que correr para outro compromisso, mas o Francisco e o Péricles me deram o caminho das pedras portanto entendo que o que tomei representa la cream de la cream do painel. Vamos aos vinhos :

 

Compassant Bordeaux 2004 – Corte de  Merlot 80%,  Cabernet Franc 15% e Cabernet Sauvignon 5% com 13,5 de álcool -130 reais - Rubi indo para granada. Leve halo. Frutas negras maduras cereja azeda, pimenta rosas e especiarias. Boa acidez, taninos firmes ainda nãoo totalmente prontos, corpo intenso retrogosto frutado, com toque de azeitona preta e ligeiro tostado. Ideal para consumo nos próximos 3 anos . Nota  88/100 – R$ 130,00

 

 

 

 

Claud la Chapelle. Chateau La Rode 2009 – Corte 95% Merlot e 5% Cabernet Sauvignon com 13% de álcool. - Rubi, indo para granada. floral intenso, rosas, fruta negra azeda, ligeiro tostado. Na boca, otima acidez, taninos adstringentes, vinho mais delicado. Final de boca frutado com tostado. Bom custo benefício mas precisa mais tempo de garrafa . - Nota  87/100 – R% 70,00


 

 

 

 

Thunevin Calvet  Cuvée Constance -Languedoc 2006 – Corte 50% Carignan e 50% Grenache ,com 15% de álcool - Rubi indo para granada, leve halo. Olfativamente fechado, floral, frutas negras frescas, pimenta, grafite, bem mineral . Na boca, boa acidez, taninos presentes, corpo médio, ponta de alcool, retrogosto lembrando jabuticaba. Gosto cada vez mais dos Languedocc mas adoraria ve-los com um pouco menos de álcool.  Nota 88/100 – R$ 99,00

 

 

 

 

Golan Tampesta 2009  Tierra de Leon.  - Varietal 100% Prieto Picudo com 13,5 - % de álcool. Granada, média concentração, halo de evolução, ameixa em compota, balsâmico, tostado,especiarias,e violetas. Na boca., ótima acidez, taninos ainda asperos, corpo médio retrogosto com  fruta negra no licor e alcacuz. Varietal rara que produz grandes vinhos, esse exemplar era extremamente gastronômico, gostei. - Nota 89/100 -  R$ 180,00.

 

 

 

 

Mabeki Blanco 2019 Tierra de Leon.  – Varietal 100% Albarinho com 13,5% de álcool . - Amarelo dourado. Olfativamente, mineral, cítrico, casca de limão, abaxaci fresco. Na boca , ótima acidez, corpo médio , retrogosto  frutado, mineral, muito delicado. Um vinho estruturado nos parâmetros mas muito delicado e bem balanceado na boca. Nota  89/100  -  R$ 215,00

 

 

 

 

Contoquerdas Albillio de Bernabeleva 2007  - Varietal 100% Albillio com 14 % de álcool. - Palha verdeal brilhante. Olfativamente, mineral, borracha, manga, leve cítrico. Alta acidez, leve tanicidade, elegante, corpo médio retrogosto mineral, toque de pedra molhada Vinho encantador. Nota 90/100 - R$ 264,00

 

 

 

 

Navaherreros blanco de bernabeleva -   Corte de Albilio e Macabeu com 14,5% de álcool  - Palha verdeal brilhante. Mineral, herbaceo, toque floral. Na boca, boa acidez, amanteigado, redondo, final de boca salgado . Nota 89/100 - R$148,00

 

 

 

 

 

Scketch Albariño 2009  de Raul Peres  – Varietal 100% Albariño, com 13,5% de álcool . Palha verdeal, brilhante. Olfativamente fresco, mineral, pedra molhada, giz, nariz limpo. Na boca, ótima acidez, bone dry, leve  tanicidade, corpo médio, retrogosto mineral com toque de  agua de ostras. Gente que vinho bom , da vontade de tomar a garrafa inteira. Nota 92/100 - R$ 575,00

 

 

 

 

 

Bernabeleva Garnacha de Vinha Bonita 2008 – Varietal 100% Garnacha com 15,5% de álcool (Produção somente300 garrafas) - Rubi, ralo, brilhante. Cereja azeda, balsâmico, pimenta, café e leve herbáceo. Na boca, bom balanço, acidez correta, ponta de álcool, estruturado, retrogosto com  fruta fresca negra e tostado . Vinho mais extraido mas com muita personalidade. Nota 90/100 -  R$ 495,00 

 

 

 

 

El Pecado  2008   de Raul Perez - Corte 85% Mencia da ribera sacra, 10% Caiño, e 5% Bastardo, com 13,5% de álcool com 3 meses de descanso a 19 metros de profundidade no mar.  – Rubi, alta concentração quase extra tinto. Sem halo. Olfativamente complexo. floral, tâmaras, jaboticaba, carne crua Na boca , alta acidez, taninos finos, elegante, corpo médio, retrogosto  fruta fresca ligeira ferrugem, gastronomico. Um vinho que me lembrou os nmelhores Riesling “Dry Bone” Alsacianos. - Nota  92/100 – R$ 600,00

 

 

 

 Parabéns ao Péricles pela bela escolha dos vinhos.



Casa do Porto - Alameda Franca, 1225 – Fone  (011) 3061-3003 – site www.casadoportovinhos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário