19 de set de 2013

Matando saudades de Angelo Fornara

Angelo Fornara

Alexandre Fadel e Mirella Fadel , proprietários da simpatica e competente importadora Maxbrands, organizaram um almoço com o sommelier da Batasiolo, Angelo Fornara, que por muitos anos viveu no Brasil atuando em uma grande importadora deixando muitos amigos por estas bandas . Foi muito agradavel reencontrar o Angelo que com sua simpatia deixou nosso encontro extremamente descontraido, claro que ficou ainda melhor acompanhado por  dois Barolos TOP desta gigante do Piemonte. A Batasiolo nasceu em 1978 quando a família Dogliani adquiriu a vinicola Chiola e a renomeou como Beni di Batasiolo. Com seus 140 hectares a empresa é o maior proprietario privado do Piemonte, região marcada pela presença de pequenos produtores. A empresa produz 7 rotulos de Barolo sendo 5 deles “Crus de Barolo”, dois em La Morra ( Cerequio e Brunate ) , dois em Serralunga ( Corda della Bricolina e Boscareto,) e um em Monforte ( Bofani) .

Durante nosso delicioso almoço provamos2 vinhos que descrevo a seguir:

Barolo Vigneto Cerequio 2004 - 13,5% La Morra - R$ 380. – Granada, ralo para média concentração, halo de evolução. Ameixa preta, cha, rosas, funghi, couro, terroso,e  balsamico. Na boca, boa acidez, taninos finos e resolvidos, corpo médio, retrogosto frutas com ligeira evolução, funghi e floral, Um vinho bem gastronomico mais em linha com os Barolos tradicionalistas  . Produção anual 14 mil garrafas ano. Nota 92/100







Barolo Vigneto Bafani 2004 - 14% Monforte D Alba R$380,00 - Granada mais intenso que o anterior, leve halo. Olfativamente bem diferente, limpo, floral, mineral, aniz, e menta. Ótima acidez, taninos mais presentes, copo médio, retrogosto fresco, frutado e herbáceo. Um vinho mais moderno, elegante e  limpo.  Nota 92/100








Achei a escolha dos dois "Crus" bem didática, comprovando que um bom Barolo pode ser tanto mais tradicional como mais moderno, desde que  bem elaborado. Muita gente tem certo preconceito com produtos de empresas grandes denominadas de “industriais” opinião que sinceramente não compartilho. Comparando os dois exemplares no dia do evento ficou claro para mim, o alto padrão dos vinhos elaborados pela empresa, assim como suas caracteristicas bem diferentes . Tecnicamente estão no mesmo padrão de qualidade, cabe ao apreciador escolher qual dos estilos  mais lhe agradam, no me caso mesmo dando a mesma pontuação gostei mais do Bafani que remete mais aos Barolos mais tradicionalistas,  mesmo que da linha Batasiolo o meu favorito continua sendo o Corda della Briccolina talvés o mais moderno da casa mas absolutamente delicioso.
Viva os Barolos


Max Brands – Site www.mxbrands.com.br – Fone (011) 2174-6700

Nenhum comentário:

Postar um comentário