28 de ago de 2013

Decanter Wine Show 2013


E agora, básicamente encerrando as feiras de 2013 foi a vez do já tradicional Decanter Wine Show, mostrar sua cara, e este ano focando sua atenção apenas em vinhos do novo mundo. Particularmente acho esta idéiade dicidir um ano velo e outro novo mundo bastante inteligente pois normalmente as pessoas que frequentam estes eventos, pela falta de tempo para provar todos os produtos, acabam experimentando apenas os exemplares de sua preferência, e quando seu gosto vai para vinhos do velho mundo por exemplo, os exemplares de bons países produtores como USA, Chile, Argentina, África do Sul, Austrália e outros acabam ficando para segundo plano. 
Continua me impressionando  o grande numero de ótimos produtores que a Decanter conta hoje em seu portfólio. Considerando só alguns que vi nesta feira teriamos: Glen Carlou, e Raka da África do Sul – Amalaya, Riglos, Luigi Bosca, e Benegas da Argentina – Kolikanoon, e Peter Lehmann da Austrália - Caliterra, De Martino, Sequana do Chile – Craggy Range da Nova Zelândia, e sem esquecer os deliciosos brasileiros da Quinta do Neve. 
Uma pena que como profissional do vinho não ter maiso tempo para provar todas as novidades, tenho como filosofia analizar detalhadamente os vinhos provados e não apenas dar um gole em cada  exemplar e dizer gostei ou não, afinal é meu papel informar os leitores e seguidores as caracteristicas de cada exemplar provado e não apenas minhas preferências. Vamos portanto a um pequeno resumo do que mais me agradou entre os vinhos provados nesta ocasião: 


Gonzalo Guzman da Bodega El Principal 

Quinta da Neve Sauvignon Blanc 2011 Brasil - com 13,5% de álcool – Jade, brilhante. Olfativamente floral, lírio,alecrim, toque cítrico e mineral.Na boca ótima acidez, seco, corpo médio,e retrogosto citrico. Vinho bem gostoso para o dia a dia . R$ 41,50 – Nota 87/100

El Principal 2008 Chile – Corte com 95% Cabernet Sauvignon,e 5% Carmenere, com 15% de álcool. Rubi, Alta concentração, sem halo. Austero, frutas negras, pimenta, leve toque de ervas escuras emadeira velha. Otima acidez, taninos presentes finos, corpo médio para amplo, retrogosto frutado com toque de sottobosco. Um vinho  encantador, mas que definitivamente vai ficar ainda melhor com anos de garrafa  - R$ 290,00 - Nota  92/100

Riglos Sauvignon Blanc 2012 Argentina  -  Palha, ralo, brilhante. Mineral, pedra molhada,  leve floral , e casca de limão. Elegante, fresco, corpo leve, elegante, fresco final de boca seco e mineral. Um vinho branco do jeitinho que eu gosto, limpo e fresco.-  R$ 82,25 Nota  88/100

Ríglos Gran Corte 2010 Argentina  - Corte de 50% Malbec e 50% Cabernet Sauvignon, com passagem de 20 mese por barrica francesa. Rubi, alta concentração, sem halo. Muita mineralidade, frutas negras, e couro. Ótima acidez,taninos finos, bom corpo, retrogosto frutado com toque de terra. Vinho muito agradável com potencial de guarda. – R$ 170,00 – Nota 90/100   
     






Glen Carlou Chardonnay Unoaked 2012 África do Sul  – Dourado, ralo, brilhante. Olfativamente limo, mineral , e leve cítrico. Ótima acidez, tânico, corpo médio, fresco, delicioso. Um chardonnay básico de alta qualidade . Ainda sem preço – Nota 87/100

Glen Carlou Gravel Querry 2008 África do Sul – Varietal 100%  Cabernet Sauvignon com  18 meses de barrica, mais 2anos em garrafa. Granada , alta concentração, leve halo. Complexo, frutas negras , pimenta, herbáceo,e ligeiro tostado. Ótima acidez, taninos presentes, encorpado álcool ok, suculento retrosto  frutado com toque de café – R$ 209,00 Nota 89/10  
     
Raka Figurehead 2007 África do Sul  – Corte com 39%  Cabernet Sauvignon, 27% Merlot, 14%  Pinlotage, 13% Cabernet franc, 1%  Malbec,e  6% Pet6it Verdot. Granada, média concentração, leve halo. Complexo,frutas negrasmaduras, azeitonas,balsâmico, chocolate amargo, terroso e tostado bem integrado. Na boca alta acidez, quente, suculento, taninos finos, final de boca frutado e tostado, Um vinho pronto delicioso. – R$ 106,00 – Nota  90/100

Biography Shiraz, 2008 África do Sul – Varietal 100% Siraz com passagem de 12 meses em barricas francesas. Rubi média concentração, sem halo. Olfativamente austero, frutas negras maduras, Madeira velha terra, chocolate,e  ervas escuras. Ótimo balanço de boca, taninos doces, alcool,macio, elegante, retrogosto com  frutas vermelhas maduras e chocolate. Um Shiraz sem defeitos absolutamente perfeito. R$ 120,00 – Nota 92/100                                                                       






De Martino Gallardia del Intata 2013 Chile - Varietal 100% Cinsault sem passagem por madeira  , maceração carbônica. Violáceo, ralo, sem halo. Nariz típico de maceração carbônica, morango, limpo, toque mineral. Ótima acidez, taninos finos, corpo médio, retro frutado lembrando um bom Beaujolais. Sou cada vez maisadmirador dos vinhos do Marcello Retamal depois que partiu para esta sua nova fase mais natureba ,Adorei o vinho. R$ 65,00 – Nota 89/100






Sequana Sundawg Ridge Vineyard Russian River 2008 USA – Varietal 100% Pinot Noir, 14,5% de álcool e passagem por barricas francesas  - Granada ralo, leve halo. Floral, petalas de rosa, frutas vermelhas, ameixa, couro, e leve  tostado. Ótimo balanço de boca, estruturado, picante, bom corpo,  jovem, retrogosto frutado, mas pedindo mais tempo de garrafa . delicia  R$ 360,00 – Nota 91/100.       

       





Decanter – Site: www.decanter.com.br Fone – (011) 3702-2020


Um comentário:

  1. First of all, let's go over a brief overview of what a decanter is used for. A decanter is an instrument that is used to help with the transferring of wine into it. As wine is poured into it, it gets agitated, causing it to mix with oxygen, enabling it to develop and come to life at a high speed. When you decant young wine, just pour it into the decanter, and let it sit for twenty minutes, before you serve it. Older wine should be poured into the decanter, immediately before serving, because if it is overexposed to oxygen, its flavor will change. Next, look at the reason a decanter is needed. When you decant a bottle of wine, you are allowing the wine to separate from its sediment, which if left mixed in with the wine, will impart a very bitter, astringent flavor.

    wine decanters

    ResponderExcluir