16 de jul de 2013

Grande Degustação de Vinhos de Portugal


Devido  uma muito esperada  visita de minha filha e netinha ao Brasil tenho me atrasado bastante em meus posts sobre vinhos.  Adoro um bom vinho mas não tem nada que se iguale  a passar horas com uma criancinha de dois anos cantando, brincando alem de ganhar  um monte de abraços e beijos. Portanto para tirar meu atraso hoje vou comentar  o evento que ocorreu no dia 25/06 no Hotel Tivoli Mofarrej e que teve como destaque a apresentação  “Apreciar a Diversidade dos Vinhos de Portugal” comandado pelo "master of wine" Dirceu Vianna Jr que recentemente teve o privilegio de provar mais de mil rotulos elegendo os melhores 50 que serão desvendados em futuro evento no mes de Setembro.  Na prova do dia 25 foram apresentados mais de 400 rotulos produzidos por 49 diferentes produtores . 

Durante a apresentação provamos 6 vinhos :
Quinta de Azevedo 2012 – Nota 84/100
Morgado Santa Catarina 2010 – Nota 84/100
Manuella 2010 – Nota 87/100
Confidencial 2011 – Nota 88/100
Mouchão 2007 – Nota 90/100
Bella 2010 – Nota 89/100
Meus descaques foram  para :

Mouchão 2007 – Alentejo – Corte de 70% Alicante Bouchet e 30% de Trincadeira – Violáceo, alta concentração de cor, sem halo. Olfativamente, resinoso, frutas negras frescas, tabaco, pimenta preta, e ligeiro confeitado. Ötima acidez, taninos firmes e finos, suculento, bom equilibrio de boca, retrogosto frutadocom ligeiro tostado. Vinho de alta qualidade mas que precisa de tempo de garrafa para arredondar. - Nota 90/100







Bella 2010 – Dão –  100% Touriga Nacional – Violaceo, alta concentração, sem halo. Complexo, cereja, floral, herbaceo, mineral e toque de aniz. Na boca, potente,  boa acidez, taninos, finos, bom corpo, ponta de álcool, retrogosto frutado. Nota 89/100









Dentre os vinhos provados em minha rápida passagem pela feira de vinhos gostaria de destacar outros dois vinhos :

Quinta da Badula Reserva 2010 – Região do Tejo - Corte de Syrah, Touriga Nacional e Alicante Bouchet . Sem importador – Violáceo, média concentração, sem halo. Olfativamente agradável com frutas negras, pimenta do reino, chocolate e terroso. Na boca ótima acidez,taninos finos, estruturado, suculento, retrogosto confirmando o nariz. Nota 88/100








Roquevale Reserva 2007 – Região do Alentejo – Corte de Aragonez, Afrocheiro, e Alicante Bouchet – Importador Adega Alentejana – Rubi, ralo, sem halo. No nariz intenso floral lembrando violetas, frutas negras maduras, e ligeiro tostado. Na boca muito macio, taninos finos, boa acidez, corpo médio, elegante, final de boca marcado pelas frutas.  Nota 88/100








Foi uma pena realmente não poder ficar mais tempo para degustar outros grandes rotulos  portuguêses disponiveis, assim como a longa série de vinhos que ainda não tive a oportunidade de provar, mas fica a promessa que no próximo evento o farei. Parabéns à “Vinhos de Portugal”pela organização e pelo gentil convite.


Vinhos de Portugal - www.winesofportugal.info

Nenhum comentário:

Postar um comentário