17 de abr de 2013

Uma gostosa noite de contrastes

Giovanna Sanguinelli


Ontem atendi a um evento do produtor Fermasa e acabei conhecendo sua proprietária Govanna Sanguinelli,  uma simpatica pernambucana que tornou o sonho do seu pai uma realidade e hoje possui e gerencia  uma vinicola em Lujan de Cuyo na Argentina produzindo vinhos de ótimo custo benefício. O contrastante jantar foi no restaurante La Recoleta de propriedade de um argentino que resolveu apostar suas fichas no Brasil. Coisas deste nosso louco mundo globalizado. Bem a Fermasa teve início em 2003 mas seus primeiros vinhos começaram a ser elaborados em 2006. Em pouco tempo a empresa já consegui se consolidar em territorio argentino e hoje produz 9 rotulos. Para distribuir sua produçao que hoje chega a 150.000 litros mas que tem capacidade de produção de até 1 milhão de litros Giovanna montou a importadora Barrica Negra. Ontem provamos 5 vinhos de seu portfólio: 

Espumante Baladeiro Extra Brut 2012 um blanc de blanc elaborado  com Chardonnay pelo método Charmat ao custo de  R$ 39,00
Baladeiro Chardonnay 2012 – Varietal com 12% de álcool e duas semanas de passagem por barricas francesas que custa R$ 28,00
Baladeiro Malbec 2009 – Varietal com 14% de álcool e passagem de 4 meses por barricas francesas de 2º e 3º uso, que custa R$ 28,00
Baladeiro Cabernet Sauvignon 2009 – Varietal com 14% de álcool e passagem de seis meses em barricas francesas de 2º e 3º uso, ao custo de R$ 28,00
Jerarquia Malbec 2007 – Varietal com 14,3 % de álcool  e passagem de dois anos em barricas novas de carvalho frances, ao custo de R$ 44,00
Colheita tardia Malbec 2007 – Varietal de sobremesa com 14,5% de álcool e passagem em barricas francesas por 14 meses, ao custo de R$ 34,00
Baladeiro Cabernet Sauvignon 2007 – Varietal com 14% de álcool e passagem de seis meses em barricas francesas de 2º e 3º uso, ao custo de R$ 26,00

Meus destaques ficam para:

Espumante Baladeiro 2012 – Ótima alternativa aos Prossecos. Palha claro com toques esverdeados, boa mousse, perlage intenso com bolhas médias. Olfativamente,  fresco, maça verde, limão siciliano. Na boca ótima acidez, seco, final de boca agradavelmente mineral. Perfeito para o dia a dia a um custo realmente imbatível – Nota 86/100







Baladeiro Cabernet Sauvignon 2007 – Como entre os vinhos básicos gostei mais do CS do que o Malbec e pelo fato dele estar muito novo ainda comentei  com o Rafael gerente de vendas da empresa que no futuro gostaria de provar este vinho já com um pouco mais de tempo em garrafa pois achei que ficaria ainda melhor,  ele imediatamente se prontificou a checar se o restaurante tinhaem sua carta o exemplar de 2007, minutos mais tarde ele aparece abrindo uma garrafa desta safra. Dois anos de garrafa realmente fizeram a diferença e para mim provaram que se o vinho é bom , mesmo custando pouco pode pode surpreender a todos. Em outras palavras tomei um vinho de R$ 26,00 com 5 anos , estava perfeito e garanto que vai aguentar mais alguns aninhos em garrafa.-  Rubi, boa concentração, muito leve halo. No nariz floral, cerjea madura, couro e especiarias. Na boca muito boa acidez, taninos domados, suculento, final de boca com frutas vermelhas e café  - Nota 87/100


Jerarquia Malbec Reserva 2007  - Top de linha da casa. - Rubí com toques violaceos, média concentração, sem halo. Olfativamente floral,  geleia de cereja, baunilha e um ligeiro toque mineral. Na boca ótima acidez, taninios finos , bom corpo e final de boca com frutas e uma ponta de álcool. Um vinho muito bem elaborado para quem gosta do estilo mais novo mundo. Nota 87/100






Certamente uma linha de vinhos muito bem elaborados com custo extremente honesto. Ótima alternativa de compra.
Barrica Negra – Fone (011) 3368 3267 – site www.barricanegra.com.br

Um comentário:

  1. Farei comentários da Bodega Fermasa no meu blog www.caminhosdavera.com
    meus amigos estão muitos curiosos para irem a Mendoza conhecerem a Vinícola .

    ResponderExcluir