22 de abr de 2013

Supertasting Gambero Rosso Brasil

Jorge Lucki e Marco Sabellico


Em sua segunda edição no Brasil o Gambero Rosso simplesmente barbarizou em seu o 1º Master Class . Marco Sabellico ( Editor Senior do Guia) e Jorge Lucki nos apresentaram  30 vinhos premiados  da região norte da Itália enquanto o 2º Master Class se focou nos vinhos da região sul da Itália. Tive a felicidade de participar do 1º Master Class que trazia as minhas regiões favoritas como Piemonte, Toscana, Veneto e Friuli. . Vejamos primeiramente todos os vinhos provados e a seguir o descritivo e minha pontuação para meus 5 favoritos:
 
Os Vinhos degustados

Nino Franco Valdobbiadene Prosecco Superiore Della Riva di San Floriano 2001
De Stefani Prosecco Zero Gran Cuvé Extra Dry
Tenute di Genagricola Prosecco Extra Dry Tenuta Sant’Anna
Vila Sandi Valdobbiadene Prosecco Suoeriore Extra Dry 2012
Ruggeri Valdobbiadene Prosecco Extra Dry Giustino B 2011
Guido Berlucchi Franciacorta Cuvée Imperiale Brut Saten 61
Santa Margherita Franciacorta Cuvée Annamaria Clementi 2004 Cá del Bosco
Lunae Bosoni Colli di Luni Vermentino Et Nera 2011
Cavit Pinot Grigio Collection 2012
Piera Martellozo Friuli Grave Bianco Milo 2011
Cantina dei prodittori di Córmons Collio Friulano 2011
Volpe Pasini Sauvignon Zuc di Volpe 2011
Livon Braide Alte 2010
Nals Margreid A.A. Pinot Noir Mazzon 2010
Jermann Pignacolusse 2007
Medici Ermete Lambrusco Reggiano CAmabile Concerto 2011
Cavicchioli Lambrusco dell’Emilia Rosso Dolce
Rocca delle Macie Chianti Famiglia Zingarelli 2010
Arcanum 2007
Poliziano Nobile di Montepulciano Asinone 2009
Fattoria del Cerro Nobile di Montepulciano Vigna Antica Chiusina 2006
Colle Massari Bolgheri Rosso Grattamacco 2009
Tenute San Guido Bolgheri Sassicaia 2009
Castello di Cigognola La Maga 2009
Gaja Barbaresco 2008
Marchesi di Barolo Sarmassa 2008
La Spinetta Barolo Camp;e 2007
Masi Amarone della Valpolicella Costasera 2008
Allegrini Amarone della Valpolicella 2008
Tenuta Sant Antonio Amarone della Valpolicella Campo dei Gigli 2007

Devido ao alto padrão dos vinhos disponibilizados foi realmente  bem difícil escolher os 5 vinhos que coloquei neste post como meus favoritos , mas vamos a eles :

Representando o mundo das bolhas e dos frizantes  o Veneto Cá del Bosco  Franciacorta Cuvée Annamaria Clementi 2004– Dourado brilhante perlage muito intensa com bolhas bem pequenas, ótima mousse. Olfativamente complexa, amendoas tostadoas, leveduras, nozes, casca de pão, tostado. Ótimo balanço de boca, cremoso, acidez correta, bom corpo, e final de boca frutado com presença intensa de reciarios, parecia  estar tomando uma grande champagnhe . – Nota 94/100





Entre os brancos  o exuberante vinho do Friuli  Volpe Pasini Sauvignon Zuc di Volpe 2011 – Palha com toques verdeais, brilhante.Olfativamente impactante com intenso floral, frutas exoticas como a goiaba, e o maracuja, folhas escuras lmbrando arruda, e muita mineralidade, Na boca Ótima acidez, bela estrutura,, nervoso, bom corpo e final de boca fresco com muita mineralidade. Uau . Nota 92/100






Entre os tintos fiquei com 3  exemplares: 

O Toscano da região de Bolgheri Sassicaia 2009 – Granada, intenso, seem halo. Olfativamente muito complexo, Frutas vermelhas maduras, pimenta preta, mineral, grafite, tinta de caneta, e ponta de menta. Na boca elegante, alta acidez, suculento, taninos finos, corpo médio , retrogosto frutado, muito fresco. Foi o melhor Sassicaia que tomei até hoje . Nota 94/100







O Piemontês Gaja Barbaresco 2008 – Granada, ralo, halo de evolução. Olfativamente com frutas negras maduras, cha preto, sottobosco, leve tostado. Na boca ótima acidez, taninos empoeirados, elegante, fino, final de bocacom delicado  frutado  e muito frecor.  Um modernista que sabe fazer vinhos elegantes . Nota 92/100








E o vêneto Tenuta Sant Antonio Amarone della Valpolicella Campo dei Gigli 2007 – Granada , extra tinto, com halo de evolução. Olfativamente austero, café, figo seco, uva passa, ligeiro eucalipto. Na bocaÓtima acidez, taninos finos, encorpado, retrogosto com frutas secas e toque de cravo. Um Amarone tradicionalista de alta categoria. Nota 91/100







Esta semana vai ser bastante ocupada mas quero ver se ainda coloco os melhores provados entre as mesas dos produtores.

Gambero Rossowww.gamberorosso.it 

2 comentários:

  1. Excelente resumo da 1ª Master Class! Parabéns! Eu fui ao evento, mas fiquei na lista de espera das aulas. De qualquer forma, a qualidade dos vinhos e a escolha dos produtores para o TOP Italian Wines foi incrível!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por seu comentário Alessandra. Não participei da Master Class 2 , mas tenho certeza que a primeira foi a melhor pois contemplava as regiões mais significativas da Itália. Salute

    ResponderExcluir