12 de set de 2012

Schubert um alemão que faz vinhos franceses na Nova Zelândia


Kei Schubert
 

Participei nesta semana de almoço, degustação, dos vinhos da Schubert Wines localizada na região de Wairarapa, ao sudeste da Nova Zelândia que são trazidos no Brasil pela importadora World Wine. A prova foi comandada por Kai Schubert , que junto com sua esposa Marion tocam esta pequena vinícola nascida em 1999, especializada na elaboração de Pinot Noir com toque da Borgonha. Kai e Marion são alemães e já trabalharam na area enológica da Dr Loosen importante vinícola alemã, mas que decidiram fincar raizes em outro país para elabor vinhos com sua varietal favorita. Alem da Pinot eles produzem dois Syrah e um Sauvignon Blanc e todos tenco como marca registrada a elegância e o frescor

 

Vamos aos vinhos apresentados

 

Schubert Sauvignon Blanc 2011 (R$ 108,00) – Varietal 100% Sauvignon Blanc com 13,5% de álcool, fermentado e com descanso de cinco mêses em cubas de aço antes de serem engarrafados. Dourado, brilhante com ligeiro verdeal. Olfativamente, grapefruit, ligeiro herbáceo e pontinha de lácteo. Na boca, fresco, macio, bom corpo e final de boca lembrando o nariz.  Nota 87/100

 

 
 
 
Schubert Syrah 2008 (R$ 248,00) – Varietal 100% Syrah,com 14,5% de álcool, fermentado em cubas de aço mas com posterior passagem de 24 mêses em barricas francesas sendo 35% novas. – Rubi, média concentração e leve halo de evolução. Olfativamente marcado por aromas de cocada queimada, baunilha, pimenta, lácteo e frutas negras. Na boca, tripé correto , fresco, taninos finos, corpo médio e final de boca agradavelmente frutado. Nota 89/100

 

 
Schubert Pinot Noir “Marion´s Vineyard” 2009 (R$ 198,00) - Varietal 100% Pinot Noir, com 14,5% de álcool, passa por leve maceração a frio,fermentação em cubas de aço mas com posterior passagem de 60% do vinho por 18 mêses em barricas francesas sendo 40% novas. – Granada , ralo, e leve halo de evolução. Olfativamente marcado por flores escuras, couro, framboesa, pimenta e ligeiro toque químico. Na boca, ótima acidez, elegante, taninos doces, ligeira ponta de álcool, corpo médio e final de boca leve  com frutas e ligeiro toque de amendoas. Nota 88/100

 

Ai está uma boa alternativa para aqueles que buscam vinhos bem elaborados fora dos muros do velho mundo.

 

World Wine  - Site - www.worldwine.com.br - Fone – (011) 3383-7477

Schubert Wines – Site – www.shubert.co.nz

Nenhum comentário:

Postar um comentário