2 de fev de 2012

Bodega Tagonius


Tagonius é o nome de um rio da região dos vinhos que são nosso destaque de hoje.  A Bodega faz parte do Grupo Foxá um dos lideres no ramo de Hotelaria na Espanha que decidiu diversificar seus negócios e escolheu o mercado da gastronomia e do vinho como principal foco. Diferentemente da maioria esta empresa resolveu  entrar no mercado brasileiro sozinha e já está estruturando um escritório comercial e iniciando seu trabalho de divulgação. Durante esta semana fui uns dos primeiros a conhecer sua linha de vinhos que  me leva a crer que serão reconhecidos como vinhos de bom custo benefício. A marca mesmo com pouco tempo de vida já goza de ótima pontuação para seus vinhos  pois dos quatro provados apenas o Syrah não recebeu pontuação superior a 90 do crítico Robert Parker. Todos os vinhos provados são da  DO Vinos de Madrid
Vamos aos vinhos provados:

Tagonius Tinto Roble 2007 – Um corte de Tempranillo, Cabernet Sauvign, Syrah e Merlot com 7 meses de barrica francesa (60%) e americana (40%) e mais 12 meses de garrafa antes de ir para o mercado, 14% de álcool e 90 pontos do crítico Robert Parker . – Rubi, média concentração, leve halo de evolução. Olfativamente frutado, ameixa e cereja, menta, couro, e agradável tostado. Na boca, ótima acidez, taninos finos, bom corpo, e persistência longa, com retrogosto marcado por terciários.  Um vinho para consumo no dia a dia, mas muito bem elaborado. Nota 87/100 – Preço estimado de venda R$ 45,00






Tagonius Syrah 2008 – Um Varietal 100% Syrah,com 6 meses de barrica sendo 50% francesa e 50% americana, mais 6 meses de garrafa, 14,5% de álcool. Violáceo, alta concentração, sem halo. No nariz, fechado, pimenta preta, cereja madura, ligeiro adocicado. Na boca, boa acidez, taninos verdes, alcoólico, ligeiro amargor. Nota 80/100  - Preço estimado de venda R$ 60,00







Tagonius Crianza 2005 – Um corte de Tempranillo, Cabernet Sauvign,e Syrah com 9 meses de barrica francesa (80%) e americana (20%) e mais 18 meses de garrafa antes de ir para o mercado, 14% de álcool e 91 pontos do crítico Robert Parker . – Rubi indo para granada, ralo, leve halo de evolução. Olfativamente com frutas negras maduras, toque de evolução,, couro, animal, e ligeiro floral. Na boca, boaacidez, taninos finos ainda firmes,corpo médio, e persistência longa, com alcaçuz e menta no retrogosto.  Um ótimo crianza para que já começa a gostar de vinhos um pouco mais elaborados. Nota 88/100 - Preço estimado de venda R$ 80,00






 Tagonius Reserva 2003 - Um corte de Tempranillo, Cabernet Sauvign,e Syrah com 14 meses de barrica francesa (80%) e americana (20%) e mais 24 meses de garrafa antes de ir para o mercado, 14,5% de álcool e 93 pontos do crítico Robert Parker. – Violáceo, escondendo sua idade, ralo, sem halo de evolução. Olfativamente delicado, com frutas negras maduras, especiarias, pimenta, couro, animal, terroso,e tostado. Na boca, muito elegante, austero, boa acidez, taninos finos, corpo médio, e persistência longa, com café e tostado no retrogosto.  Um típico vinho tradicional espanhol, com madeira presente mas sem prejudicar o balanço, austero, clássico. Nota 91/100 - Preço estimado de venda R$ 100,00



Assessoria - Vindima Wine Consulting -  caroline@vindimawineconsulting.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário