6 de out de 2011

Maria Marin visita a Vinea


Walter, Maria Marin, e Gabi

Existem casamentos que dão certo e Casa Marin e Vinea é um deles. Em minha opinião a Casa Marin é hoje a estrela desta simpática importadora, por outro lado para a Casa Marin a Vinea tem o tamanho ideal, e dá a eles uma atenção especial digno de uma primeira dama, o resultado?  O Brasil é um dos 3 maiores destinos dos vinhos dos vinhos desta produtora ,lado a lado com EUA e Inglaterra, e nosso amigo Walter tem em mãos um dos melhores produtores do Chile que tem crescido mais do que a média dos produtores locais tanto em volume quanto em qualidade. Foi a própria Maria Luz Marin que tivemos o prazer de rever durante esta semana em sua passagem pelo Brasil. Aproveitando esta visita a Vinea convidou alguns representantes da mídia especializada para uma deliciosa degustação almoço que ocorreu no Ruffinos, onde tudo se iniciou com uma interessante vertical de Riselings onde foram comparadas as safras de 2007, 2008 e 2009. Como a própria produtora nos informou os 3 vinhos tinham características diferentes, sendo as uvas do 2007 colhidas tardiamente, as do 2008  antecipadamente e as de 2009 meio a meio, e a prova dos vinhos deixou isto claro


Casa Marin Riesling 2007 – R$ 96,00 - Dourado brilhante. Olfativamente muito intenso, mineral, petrolato, pedtra de isqueiro, toque cítrico, casca de limão. Na boca, ótima acidez, seco, corpo médio para longo, persistência longa e retrogosto mineral com cítrico doce. Para tomar hoje este foi meu vinho favorito, intenso, fresco, robusto. Nota 89/100







Casa Marin Riesling 2008 – Palha, brilhante. Olfativamente, limpo, mineral, cítrico, ligeiro toque petrolato. Na boca, muito elegante, ótima acidez, seco, corpo médio, persistência longa e retrogosto mineral com toque salgado. Exemplar muito fino, delicado ácido. Nota 88/100







Casa Marin Riesling 2009 – R$ 96,00 - Palha brilhante. Olfativamente complexo,  mineral, petrolato, borracha, toque cítrico lembrando grapefruit. Na boca, ótima acidez, seco, bom  corpo e persistência, retrogosto mineral com toque cítrico. Tecnicamente o melhor vinho do painel, daqui a um ano deve superar o 2007 pois ainda precisa de um pouco de garrafa. Nota 90/100






Na sequência tivemos a oportunidade de provar a linha completa da casa e como sempre meus destaques ficaram para :

Sauvignon Blanc Cypreses 2009 – R$ 115,00 - Palha verdeal, brilhante. Olfativamente complexo, mineral, cítrico, frutado lembrando Kiwi, tudo muito limpo. Na boca, acidez marcada, corpo e persistência longa e retrogosto confirmando o nariz. Este vinho é o carro chefe e o mais premiado da vinícola, um dos melhores Sauvignon Blanc que já tomei e sempre presente em minha adega. Nota 90/100






Sauvignon Gris 2009 – R$ 96,00 – Palha brilhante. Olfativamente complexo, pêssegos, cítrico lembrando grapefruit, e um delicado mineral. Na boca, acidez e álcool perfeitamente balanceados, boa estrutura, macio, amanteigado, persistência longa, e retrogosto frutado com melão e toque cítrico. É meu branco favorito da Casa Marin dentro dos que estão na mesma faixa de preços, sempre que posso uso o mesmo em minha  aulas de técnicas de degustação como exemplo de vinho branco bem elaborado. Nota 88/100



 

Pinot Noir ( Lo Abarca) 2007 – R$ 225,00 – Granada, média concentração, halo de evolução. Olfativamente, complexo, frutas negras maduras, couro, toque floral, pimenta preta, e tostado agradável lembrando café. Na boca tripé perfeito, taninos finos, elegante, bom corpo e persistência, retrogosto frutado com toque terroso. Foi a primeira vez que gostei mais do Lo Abarca do que do Litoral. Apenas como informação o Lo Abarca e elaborado com uvas dos seus vinhedos mais altos enquanto o litoral de suas áreas mais planas. Mas ambosestão certamente entre os melhores produzidos no Chile. Nota 91/100


Importadora  Vinea - São Paulo | Rua Manoel da Nóbrega, 1014 - Paraíso Televendas: (011) 3059.5205 Alphaville | Alameda Araguaia, 540 - Loja: (011) 2078.7880. site www.vinea.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário