23 de set de 2011

Incrível mas gostei de um Torrontés, mas tinha muito mais..



Nesta semana fui convidado pelo Fábio Gregório da Vinho Sul para provar os novos vinhos argentinos que a importadora está trazendo ao Brasil. O nome: Finca Agostino.
Alem dos irmãos Agostino, proprietários da vinícola também participou do encontro o simpático enólogo Pepe Gomez, responsável pela elaboração de todos os vinhos da casa.
A história desta vinícola é interessante, pois é uma homenagem dos irmãos Agostino, ao avô Sebastiano que era um vinhateiro italiano que fixou residência na Argentina e costumava passear com as crianças pelos seus vinhedos, criando uma relação muito forte destes com a area. As crianças cresceram ganharam dinheiro em outros negócios especialmente na construção civil, mas a paixão continuou , até que os mesmos resolveram produzir vinhos com uvas das mesmas terras de onde passaram sua infância. Um sonho se realizou.
Um dos objetivos desta vinícola é a de produzir bons vinhos a preços honestos e certamente tivemos um bom exemplo disto durante nosso almoço degustação que ocorreu no Vento Haragano no último dia 19/09
Vamos aos vinhos provados:

Ilka Torrontés 2010 - 12,5% de álcool – Varietal 100% Torrontés, faz parte da linha base da vinícola e custa aqui R$ 28,00 – Palha, verdeal, brilhante. Olfativamente muito agradável mantendo as carcterísticas florais da uva mas seu ser enjoativo, toques minerais, cítricos, e ervas aromáticas. Na boca, simples mas correto, acidez, e álcool bem balanceados, corpo médio, boa persistência e final de boca sem o característico amargor da variedade. O Pepe me disse que isto foi resolvido deixando um pouco de açúcar residual no vinho. Nota 82/100




Ilka Merlot 2009 – 13,5 de álcool – varietal 100% Merlot com 6 meses de barricas francesas e americanas.R$ 28,00.  Nota 79/100


 Fica Agostino Malbec 2008 – 14% de álcool – Varietal 100% Malbec da linha intermediaria de vinhos da bodega, com 10 meses de barrica francesa e 6 meses de garrafa antes de ir ao mercado. R$ 58,00 – Violáceo, alta concentração, sem halo. Olfativamente complexo, balsâmico, especiarias, e tostado com toque de chocolate. Na boca, suculento, ótima acidez que dilui seus 14% de álcool, bom corpo e persistência e retrogosto marcado por cereja e chocolate. Um Malbec gastronômico de bom custo. Nota 86/100



 Fica Agostino Malbec/Syrah 2008 – 14% de álcool – Varietal 100% Malbec da linha intermediaria de vinhos da bodega, com 12meses de barrica francesa e 6 meses de garrafa antes de ir ao mercado. R$ 58,00 – Nota 84/100



Agostino Família Blend  2008 – 14,5 % de álcool – Corte de 30% Malbec, 30% Petit Verdot,  15% Syrah, e 15% Merlot. Vinho da linha alta da bodega, com 14 meses de barrica francesa e 6 meses de garrafa antes de ir ao mercado. R$ 83,00 – Violáceo, alta concentração, sem halo. Olfativamente complexoFloral lembrando violetas, lavanda, frutas negras, cereja, especiarias e tabaco. Na boca, elegante, austero, ótima acidez, bom corpo e persistência e retrogosto floral e elegante. Um grande vinho  com preço tentador . Nota 88/100







Importadora: Vinho Sul - Rua da Lagoa, nº 470 – Cumbica - Guarulhos - SP
Fones (011) 3507-7393 e 3507-7387- e mail vendas@vinhosul.com.br 
site - www.vinhosul.com.br    

Nenhum comentário:

Postar um comentário