14 de set de 2011

Conheci as novidades da Decanter


Estive ontem em apresentação de alguns novos produtores que a Decanter adicionou em seu portfólio. A apresentação como sempre esteve a cargo do competente Guilherme Corrêa melhor sommelier do Brasil em 2006 e 2009 alem de ter sido finalista do melhor sommelier das Américas de 2009. Fomos apresentados a sete novos produtores e de cada um deles provamos de um a dois exemplares. Vamos a eles:
Deco e Guilherme durante o encontro

Domaine Du Clos Naudin – Vinho – Vouvray Methode Traditonelle Brut Reserve 2002 – Região Loire, França – Varietal 100% Chenin Blanc, 13 % de álcool. - R$ 189,00. Um espumante ao nível dos bons champagnes Brut. Nota 88/100

Domaine Rolet – Vinho – Arbois Blanc Natúre “Ouillé”2009 – Região Jura França – Varietal 100% Savagnin, 13 % de álcool, com 12 meses de barrica para metade do vinho. R$ 105,00 – Um branco seco, mineral,ligeiramente áspero. Nota 84/100

Domaine Rolet – Vinho Côtes Du Jura Savagnin 2004 – Região Jura França – Varietal 100% Savagnin, 14 % de álcool, fermentado em barricas e estagio de 4 anos sem movimentação permitindo desenvolvimento de véu de leveduras.R$ 175,00 – Um vinho realmente curioso, pois imediatamente lembra um Jerez , especialmente em sua paleta olfativa. Por não ser fortificado perde um pouco a referência na boca, mas surpreendeu. Nota 86/100

Meyer Nakel – Vinho Spatburgunder Grosses Gewachs 2007 – Região de Ahr, Alemanha – Varietal 100% Pinot Noir, 14% de álcool, passagem de 16 meses em barricas de carvalho Frances sendo 70% novas. R$ 355,00 – Granada, ralo, com halo de evolução. Olfativamente complexo e inebriante, Cereja, ameixa, couro, animal, sottobosco, mineral,e chá mate. Na boca, tripé harmônico,fresco, elegante,corpo médio, persistência longa,e retrogosto marcado por alcaçuz. Um Pinot Noir absolutamente perfeito, mesmo tendo um prço elevado continua tendo uma ótima relação custo benefício. Para amantes de Pinot Noir. Nota 92/100





Couly- Dutheil – Vinho Chinon Clos de L’Echo 2008 – Região deo Loie França - Varietal 100% Cabernet Franc, 13,5% de álcool, passagem de 18 meses em barricas e cubas francesas. R$ 127,00. Por ser um vinho do dia a dia dos franceses, tem ótima qualidade. Fresco equilibrado e marcado por frutas doces como groselha. Nota 86/100

Altas Quintas – Vinho Altas Quintas Reserva DO 2005 – Região do Alentejo Portugal – Corte de Trincadeira com Alicante Bouschet, 14,5% de álcool, passagem de 24 meses por barricas francesas novas. R$ 160,00. – Violáceo, média concentração, leve halo de evolução. Olfativamente, complexo e diferenciado, aromas medicinais, cânfora, frutas negras, tabaco,e especiarias. Na boca marcado pelo frescor, taninos firmes e finos, elegante, bom corpo e persistência e retrogosto frutado com toque de ervas aromáticas. Um vinho que vai contra o padrão do Alentejo, pela sua maravilhosa acidez e elegância, surpeendente, vinho para poucos.Nota 88/100




Domínio de Cair – Vinho Cair 2008 – Região Ribera Del Duero Espanha – Varietal 100% Tempranillo, 14% de álcool, passagem de 14 meses por barricas francesas 80% e americanas 20%. R$ 160,00.- Ótimo vinho produzido por Luis Cañas explorando bem as qualidades de parreiras antigas desta fabulosa uva. Mais elegante do que a maioria dos Ribera Del Duero quase sempre musculosos, gastronômico, indo na direção que o mercado busca.Nota 88/100

Alain Brumont – Vinho Chatêau Boucassé Vielles Vignes 2004 – Madiran França – Varietal 100% Tannat, 14,5% de álcool, passagem de 14 a16 meses sobre lias em barricas novas de carvalho francês. R$ 190,00.- Violáceo, alta concentração, sem halo.Olfativamente complexo e austero, cerejas, café,couro, toque químico, ervas aromáticas lembrando louro,e alcaçuz. Na boca,acidez marcada, taninos muito firmes e finos, bom corpo, persistência longa, e retrogosto com alcaçuz. Um Tannat de guarda, bem elaborado, suculento, gostaria de toma-lo daqui 5 a 8 anos quando deverá estar em seu esplendor. Nota 89/100





Domaine Du Clos Naudin – Vinho Vouvray Moelleux 2009 – Loire França, Varietal 100% Chenin Blanc, 13% de álcool, Elaborado com uvas boritizadas,passagem por antigas barricas francesas de 300 litros por 8 mêses. R$ 229,00 – Dourado brilhante. Olfativamente deslumbrante, mel, flor de laranjeira, pêssego, delicado cítrico e toque mineral. Na boca, perfeito, ótima acidez, sedoso, elegante, boa persistência e final de boca cítrica e mel. Para os aprecidores de vinhos doces este certamente é uma referência de como eles deveriam ser. Fantástico. Nota 93/100






Importadora: Decanter – Rua Joaquim Floriano 838. Itaim – Fone (011)3702 2020 – site WWW.decanter.com.br

Assessoria: Fernanda Fonseca – Fone (011) 99740219

Nenhum comentário:

Postar um comentário